Quem passa por aqui, PASSA!

SIGAM NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES, @MEUESQUEMATIZADO e @MEUORGANIZADO.

ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM CLICANDO AQUI.

PARTICIPEM DO NOSSO FÓRUM DE DISCUSSÕES.

LEIAM NOSSO "MANUAL DO CONCURSEIRO"

OPORTUNIDADE ÚNICA - ÚLTIMO CURSO DE 2019

CURSO PRESENCIAL (WORKSHOP) - PASSO A PASSO DA APROVAÇÃO NA CARREIRA DO MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL

Olá meus amigos,  Faremos um WORKSHOP  em SÃO PAULO , dia 30/11/2019 , com o tema PASSO A PASSO para a aprovação em concursos do MINIS...

A IMPORTÂNCIA DE FRACASSAR NOS CONCURSOS - RAFAEL BRAVO


Olá pessoal!

Bom domingo para todos e que a semana renda bastante nos estudos para que vocês possam alcançar em breve a aprovação que desejam!

Aqui é Rafael Bravo, editor do site do Edu, professor e orientador de estudos para concursos!

Todos os anos muitos novos candidatos surgem, se lançando na vida concurseira, buscando iniciar seus estudos, procurando meios de como se preparar melhor, de forma eficaz, para alcançar a aprovação o mais rápido possível, até porque ninguém tem vocação para ser concurseiro sem grana durante muito tempo! Rsrs

Acredito que esse texto é direcionando principalmente para você que inicia os estudos para concurso mas que também poderá ajudar outros concurseiros mais experientes e que se encontram estagnados na pontuação ou que sentem o cansaço e a incerteza dos concursos!

Não se iluda meus caros, vocês irão fracassar! São raríssimos os casos de candidatos que são aprovados no 1º concurso que tentaram e, geralmente, quando isso acontece, é porque estudaram ao longo de toda a faculdade, fazendo cursinhos, elaborando e revisando seus materiais com dedicação e foco para, ao final da faculdade, se encontrarem num patamar bem avançado para os concursos! Quem fez isso, ótimo! Mas nunca é tarde para começar a estudar e buscar uma vida melhor, uma carreira estável e um trabalho gratificante, onde você veja o seu propósito!

A regra geral é o fracasso!! É falhar!! Sei que essa palavra pode doer, machucar alguns concursandos, mas é necessário sofrermos esse impacto! Temos que entrar na vida concurseira sabendo que iremos ser reprovados em uma, duas, dez, 20 provas, até alcançar a sonhada aprovação!

Aqui, a pergunta pertinente não é “como não fracassar?”, já que tratamos desse tema com dicas de estudo em várias postagens aqui do nosso site e, mesmo com dicas e com muito estudo você pode acabar saindo reprovado de uma prova, pois existem vários fatores que podem eliminar um bom candidato.

A pergunta é: “como fracassar?”
Ou melhor: “como transformar o fracasso em um degrau para a sua aprovação?”
Ciente de que o estudo para concurso vai demandar talvez algumas reprovações antes de você ser aprovado (e isso não sou eu desejando mal para você, mas apenas analisando a regra geral e que ocorre com a maioria dos bons candidatos), como podemos tirar algo de bom da nossa reprovação?

Pessoal, se você reprovar em uma prova aproveite essa experiência para aprimorar os seus estudos e ver aonde você está errando mais!!

Não adiante reprovar, ir mal em um determinado certame, e chegar em casa chateado(a), jogar fora o caderno de questões e ficar uma semana se remoendo, triste e abatido(a).

Eu sei que a frustação  pode ser grande e você pode estar passando por um momento difícil na sua vida, sendo que se conseguisse ser aprovado para a 2ª fase do concurso desejado seria um alento nesse período complicado, mas o segredo para passar nos concursos e aprender com seus erros.

Aplicando os ensinamentos da “Arte da Guerra” no mundo dos concursos, temos que conhecer nós mesmos e o inimigo (a banca e suas questões) para que possamos alcançar a vitória.

O que eu recomendo que você faça é: após sair o gabarito da prova, verifique as questões que errou e acertou, faça uma tabela com todas as disciplinas e sua pontuação em cada uma delas!

Na parte de baixo da tabela, destaque os enunciados que você errou, para identificar se a questão exigia o conhecimento da letra da lei, da doutrina ou da jurisprudência.

Exemplo de uma prova com 6 disciplinas:

Disciplina
Total de Questões
Acertos
% de Acerto
Constitucional
15
10
66%
Administrativo
15
5
33%
Civil
20
10
50%
Processo Civil
15
5
33%
Penal
20
15
75%
Processo Penal
15
10
66%

“Questões:
Constitucional:
Enunciado 1 – acertei – transcrever enunciado.
Enunciado 2 – Errei – transcrever enunciado. Questão exige conhecimento do art. 145 da Constituição que diz:
Art. 145. A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios poderão instituir os seguintes tributos:
I -  impostos;
II -  taxas, em razão do exercício do poder de polícia ou pela utilização, efetiva ou potencial, de serviços públicos específicos e divisíveis, prestados ao contribuinte ou postos a sua disposição;
III -  contribuição de melhoria, decorrente de obras públicas.
Enunciado 3 – acertei – transcrever enunciado.
(...)”

Pessoal, vocês farão esse esquema de identificar as disciplinas que vocês precisam melhorar e quais enunciados vocês erraram, bem como o que cobrava cada questão (letra da lei e qual artigo, jurisprudência, doutrina).

Eu geralmente marco de vermelho as disciplinas com resultados piores. O que for acima de 75% eu posso marcar de verde, pois é um patamar de pontuação excelente! O que eu não marco de cor diferente são disciplinas que eu estou em uma média, que não é nem muito preocupante mas também não está bom! Tente almejar sempre 75% de acertos em toda a prova, pois essa é uma boa média e que lhe colocará na 2ª fase de muitos concursos (alguns a média pode ser mais alta, se a prova estiver mais fácil ou dependendo da concorrência x número de vagas).

Tenho certeza que esse trabalho que você terá renderá bons frutos posteriormente, pois você terá uma visão de onde está sua fragilidade para, então, reforçar aqueles pontos e ir para a próxima prova mais preparado!! Aproveite a prova que você fez e a sua reprovação para impulsionar seus estudos! Não veja como uma falha, mas como um acidente de percurso que lhe ajudará a aprender mais sobre você e que servirá de degrau para alcançar uma nota mais alta.

Esse levantamento de questões gera um trabalho, mas é importante e vai fazer com que você adquira ainda mais experiência.

a importância de fracassar nos concursos públicos é que cada reprovação abre uma oportunidade de você se autoavaliar, aprimorar seus conhecimentos, sanar suas fragilidades nas matérias! 

O caminho é árduo e exige crescimento e amadurecimento, mas o sacrifício vale a pena! Acredite!

Abs a todos e até a próxima!
Rafael Bravo                                                                      Em 1/9/2019.
instagram com dicas de concurso: @rafaelbravog
www.cursocliquejuris.com.br


0 comentários:

Postar um comentário

Sua interação é fundamental para nós!

GOSTOU DO SITE? ENTÃO NÃO DEIXE DE NOS SEGUIR NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES, @MEUESQUEMATIZADO E @MEUORGANIZADO. ALÉM DISSO, ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM.

NÃO DEIXE DE LER!