Quem passa por aqui, PASSA!

SIGAM NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES, @MEUESQUEMATIZADO e @MEUORGANIZADO.

ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM CLICANDO AQUI.

PARTICIPEM DO NOSSO FÓRUM DE DISCUSSÕES.

LEIAM NOSSO "MANUAL DO CONCURSEIRO"

COMO CONSEGUIR UM CARGO DE ASSESSOR?

Olá meus amigos, bom dia! 

Muitos recém formados me perguntam a mesma coisa: COMO CONSEGUIR UM CARGO DE ASSESSOR? 

Os cargos de assessor, como se sabe, são comissionados, e como tal podem ser providos em grande percentual por pessoas que não são servidores públicos, isso é o que chamamos de comissionados externos. 

Trata-se de uma forma de colocação rápida no mercado de trabalho para quem acabou de sair da faculdade. Muita gente da minha turma, por exemplo, optou por ingressar na assessoria tão logo concluiu o curso. 

Além disso é uma forma de conseguir estabilidade financeira para seguir os estudos. 

A pergunta é: como conseguir esses cargos? Vou dar algumas dicas a vocês:

1- Seja um estagiário excepcional - possivelmente seu chefe (juiz, promotor, defensor) se atentará a você. Se você como estagiário for melhor que um servidor de gabinete, prepare-se você terá grandes chances de se tornar assessor. Aliás, se você como estagiário for melhor que o atual assessor do seu chefe, suas chances são grandes. 
Demonstre já no estágio interesse e competência. Faça as peças bem feitas e tenha iniciativa. Ajude o máximo que puder no gabinete, inclusive avançando para além do trabalho inicial que te passaram. 
Caso seu chefe não tenha vaga, certamente ele fará referências positivas para um colega que esteja precisando. 
2- Procure nos sites das instituições eventuais testes seletivos para a contratação de assessores - O MP-PR, por exemplo, realizou alguns testes seletivos. As vezes o membro é novo no lugar e não conhece ninguém para indicar, então opta por realizar uma mini-seleção. Vejam aqui as seleções do MP-PR

3- Entre no site das instituições, procure os e-mails do RH e dos próprio membros e enviei um e-mail com seu currículo. Tente incluir no currículo declarações de seus antigos chefes de que você é um bom profissional. 
Muita gente faz isso, eu mesmo já recebi currículo de muitasssssssss pessoas. 
Suas chances serão maiores com juízes e promotores de entrância inicial, não se esqueçam disso. 
Informe no currículo que está disposto a mudar com frequência de domicílio. Suas chances aumentam mais ainda rsrsrsrs. 

4- Envie currículo para promotores/juízes lotados em unidades de difícil provimento, como em Tefé/AM, Tabatinga/AM, Redenção/PA, Tucuruí/PA, Laranjal do Jari/PA, etc. As chances são maiores nessas localidades. 

5- Envie o currículo, com a declaração de seu chefe (preferencialmente da mesma carreira que o destinatário do currículo) para os tribunais ou procuradorias de justiça. Nos órgão de segunda instância, costuma-se ter mais vagas e a rotatividade em tais cargos ser maior. Na PGR também temos muitos desses cargos. 

6- Quando souber que há uma vaga de assessor em uma comarca, vá até lá e fale com o juiz/promotor. Demonstre interesse, converse, peça para que seu ex-chefe te indique ao colega! 

Enfim gente, essa são algumas dicas que podem lhe ajudar a se inserir rapidamente no mercado de trabalho em cargos de assessoria. 

E, após a seleção, lembrem-se: seu chefe sempre espera algo a mais de você! Faça com que ele se torne dependente do seu trabalho, pois caso contrário você nunca terá segurança efetiva. 
E continue estudando, pois cargo em comissão é temporário! 

Bons estudos a todos. 

Eduardo, em 2/8/19

16 comentários:

  1. Só uma informação: Laranjal do Jari fica no Amapá (AP) e não no Pará (PA).
    Obrigada pelas dicas! :)

    ResponderExcluir
  2. Por favor, uma dúvida: visto que é preciso pedir a suspensão da OAB, o período que se passa como assessor não pode ser computado como atividade jurídica. Correto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada a ver. Conta como atividade jurídica sim, até estágio e pós-graduação conta como prática jurídica.

      Excluir
    2. Não amigo, estágio não conta exceto o da Defensoria Pública.

      Excluir
    3. Assessoria conta sim. Tem vários vídeos no YT que falam o q conta e o q não conta como prática jurídica. Dê uma olhadinha :) e sim, estágio de pós graduação tbm conta

      Excluir
  3. Professor, eu sou funcionário de EP desde o começo da faculdade e infelizmente não tive como fazer um estágio digno ou em órgão público, portanto, não tenho experiência digna de currículo, mas deixaria meu emprego público tranquilamente por uma oportunidade de assessor, justamente pela vivência prática que tanto me falta. Nesse caso, o que aconselharia? Considerando a zero experiência. Noutro assunto, as procuradorias aceitam trabalho voluntário tranquilamente? Pensei nisso como alternativa à minha realidade.

    ResponderExcluir
  4. Quando o assesssor não tem mais motivação para trabalhar, mas tem uma relação de amizade com o membro (chefe), como exonerar/conciliar ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saia e deixe a vaga para outra pessoa, tem muita gente precisando de emprego e querendo ganhar o seu salário.

      Excluir
    2. Me fale onde???
      Pois, eu estou a procura de um emprego como esse.

      Excluir
  5. Só sei que 90% desses cargos é tudo "QI" e um bando de encostados! Fui estagiária do TJPA e cansei de ver conversas em gabinetes! Simplesmente NOJO de cargos em comissão! Vão estudar pra ser efetivos! Obs. Sou efetiva do TRT. Pelo menos aqui 95% dos cargos em comissão são ocupados por servidores da carreira. Diferente de um TJPA da vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falando em TRT é verdade que os certames para Justiça do Trabalho cessaram??

      Excluir
    2. Exatamente! Conheço vários casos assim.

      Excluir
    3. Concordo, pois não há critério pra ocupar esse tipo de cargo. Infelizmente, está virando tendência novamente, principalmente no âmbito dos MP Estaduais.

      Excluir
    4. Discordo. Era comissionado no TJPI e os assessores que conhecia não faziam corpo mole. Comissionados ou efetivos, sempre existem bons e ruins servidores. Qualquer generalização é infundada e errada.

      Excluir
    5. Caso vc não lembre, olha só: "[...] cargos em comissão, a serem preenchidos por servidores de carreira nos casos, condições e percentuais mínimos previstos em lei, destinam-se apenas às atribuições de direção, chefia e assessoramento" (art. 37, V, CF/88). Pois então, existe previsão constitucional. Antes de sair bradando ofensas gratuitas, dê uma pensada antes. Trabalho no MPSC, sou CC com mto orgulho. Vc não tem nem noção do quanto eu lutei por esse cargo. Além disso, posso te afirmar, trabalhamos MTO. Aqui não tem corpo mole não. Outrossim, existem vários processos seletivos para incorporar a instituição. É claro que existem servidores efetivos e comissionados mamando, mas não são a maioria, pode ter certeza. Antes de generalizar, pense com
      parcimônia sobre o qq vc tá falando. Ngm é obrigando a ficar lendo esse tipo de ofensa generalizada e gratuita. Passar bem!

      Excluir

Sua interação é fundamental para nós!

GOSTOU DO SITE? ENTÃO NÃO DEIXE DE NOS SEGUIR NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES, @MEUESQUEMATIZADO E @MEUORGANIZADO. ALÉM DISSO, ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM.

NÃO DEIXE DE LER!