Quem passa diariamente por aqui, PASSA!

A IMPORTÂNCIA DE FAZER QUESTÕES DESDE SEMPRE

Olá meus amigos do site bom dia, 

Muita gente me pergunta desde quando eu resolvia questões? R= Desde o segundo ano da faculdade, quando comecei a fazer questões constantes do final dos livros. Aos poucos fui introduzindo questões da OAB, depois de Analistas e quando me senti preparado fui fazer questões de concursos de promotor (MP-PR) e de Juiz Federal. 

Então, DESDE o início da minha preparação eu tinha COMPORTAMENTO RECORRENTE de fazer questões quase que diariamente. 

Assim, tenham em mente que exercício deve virar rotina, o aluno deve fazer sempre e sempre que possível, pois é parte da construção da base de conhecimento necessário a aprovação. 

Para quem está começando os estudos, basta fazer exercícios da matéria estudada naquele dia. Façam,  por exemplo, os exercícios do final do capítulo do livro. Se estudou controle de constitucionalidade, antes de avançar para o próximo capítulo, faça várias questões de controle. Deve o aluno, nesse momento, acertar no mínimo 70% das questões, pois se acertar menos não aprendeu bem o conteúdo, e possivelmente errará quando da prova. 
Um site ótimo para isso é o QConcursos. 

Não recomendo, para iniciantes, que peguem provas completas para fazer, ainda (e, aliás, esse foi um dos meus erros - fiz provas completas sem saber muita coisa, o que gerava certa frustração). 

Já para quem está em fase mais avança, deve também fazer essas questões de final de capítulo/tema específico, mas deve também fazer prova completa. Uma prova completa por mês pelo menos, OK? 

Assim, para avançados, questões do final do capítulo ou do QConcursos (tema estudado) no fim do dia + uma prova por mês. 

Quanto a essa última prova, não basta apenas fazer, tem que fazer e corrigir, saber o que acertou e o que errou, refazer quantas vezes for necessário para nunca mais cometer os mesmos erros.

Uma coisa que eu percebo é que o aluno, muitas vezes, faz as questões, mas não consegue fazer seu próprio diagnóstico. Acompanhe seu desempenho. Anote o número de acertos e erros e depois disso veja os temas que você errou. 

Muita gente, por exemplo, estuda para MPE e não se dá conta de que está errando muitas questões de direitos difusos e coletivos pelo simples fato de não contar o número de acertos e erros que teve em provas anteriores ou no dia a dia. 

resolução de questões, como já disse a vocês, deve ser um termômetro de duas coisas: 1- indicar se você aprendeu bem o que acabou de estudar (se de 10 questões do final do capítulo você errou 4, certamente não aprendeu bem o tema e o melhor é revisar); 2- se você está evoluindo, ou seja, com o tempo o número de acertos deve vir aumentando gradativamente, os temas que antes eram estranhos devem se tornar comuns, etc. Use questões para acompanhar sua evolução, portanto. 

Por fim, reitero: QUESTÕES todo dia, ou quase todo dia. 30 minutos por dia, somam 182,5horas de questões por ano, o que já é muito e no decorrer de 3 anos fará toda diferença nos seus estudos. 

Bom domingo meus amigos. 

No instagram: @eduardorgoncalves
Eduardo Gonçalves

1 comentários:

  1. Eu estava pensando nisso hoje. É o método que aprendemos na escola. Teoria + exercício de fixação, e que muitas das vezes deixamos de lado. Principalmente na faculdade, por falta de tempo em sala.

    ResponderExcluir

Sua interação é fundamental para nós!