Dicas diárias de aprovados.

REPROVEI NO ENAM, E AGORA?

Olá meus amigos, tudo bem? 


Hoje falo com quem reprovou no ENAM, ou seja, mais de 30 mil pessoas


Vou dizer a vocês o que eu faria se tivesse reprovado nessa prova, e a primeira coisa é: CONTINUARIA ESTUDANDO


Não é uma reprovação que vai te tirar da luta, mas sim pelo contrário: ela deve te dar força para corrigir e continuar. Lembre-se de que todos os aprovados já foram um dia reprovados. Faz parte. 


Masssss, a reprovação tem que ter alguma coisa boa, e aqui o que ela traz de bom é a oportunidade de refletir sobre o que está acontecendo. Vamos lá. 


1- Situação 01- Estudava para a Magistratura Federal, do Trabalho e Militar e reprovei no ENAM. 

Nesse caso, a primeira coisa a fazer é dar uma "estadualizada" nos estudos. A tendência é que o ENAM seja uma prova mais parecida com as da Magistratura Estadual, então é o caso de reforçar direito civil, direito penal, direito empresarial no viés da Magis Estadual. Isso pode te ajudar a melhorar sua nota. 


2- Situação 02 - Estudo há pouco (cerca de 01 ano/01 ano e meio e até 2 anos) e fiquei com 50 (de 80 questões) ou mais pontos no ENAM. 

Nesse caso, possivelmente você está na direção certa. É só continuar que será aprovado. Com 1 ano de estudo e estar na casa dos 50 pontos é um ótimo resultado. No seu caso não há muito o que fazer se não continuar estudando. 


3- Situação 03 - Estudo há bastante tempo (mais de 3 anos) e não acertei nem 40 questões no ENAM. 

Ligue o sinal de alerta urgentemente. Um aluno com 3 anos de estudos ou mais para a Magis Estadual não pode estar acertando só 40 questões. 

Se é seu caso, você precisa ver onde está o erro. Ligue o sinal vermelho e veja onde está o erro da sua preparação. Com 3 anos de estudos ao menos 50 questões (das 80) já eram esperadas. 

Alguns erros comuns:

a- Ler muito rápido o conteúdo sem se preocupar com a fixação. Simples leitura não é estudo. Estudo é algo ativo pensado em memorização. 

b- Não ler ou não memorizar a lei pelo sistema de repetição. 

c- Ter deixado jurisprudência de lado. 

Possivelmente alunos com mais de 3 anos de estudos e menos de 50% de acertos no ENAM (menos de 40 questões) estão com problema na forma de execução do estudo e na memorização do conteúdo. Uma mudança urgente precisa ser feita para corrigir os rumos. 


4- Situação 4 - acertei mais de 55 questões. 

Você está muito próximo de ser aprovado no próximo exame. Se você acertou 55 questões, apenas revise seu material já feito, pois você está no caminho certo. É revisão e revisão do seu material. 

Lei seca todos os dias (1h diária ao menos) + jurisprudência consolidada aos finais de semana. 

No mais, revise seu material já feito, pois ele se mostrou suficiente. Você pode fazer um estudo mais rápido, pois se está com essa nota é porque já tem um material feito e só vai o revisar agora. Tudo para você acaba que sendo revisão do que você já estudou antes. 


Situação 5 - estou em 45 e 54 acertos. 

Você é um estudante de nível intermediário. Possivelmente ainda não está pronto para ser aprovado na Magis (concursos locais), mas está crescendo e tem tudo para ficar pronto para o próximo ENAMA. 

Foque em intensificar as revisões, leia a lei seca com regularidade, fique antenado com a jurisprudência. 

Sugiro estudar firme todas as matérias do ENAM e dar uma boa enfatizada na lei e na jurisprudência.

Veja quais matérias você está mal e foco maior nelas. 

Se você concorre pelo regime de cotas, já pode incluir todas as matérias locais.


Qual das situações demanda mais atenção? 

Certamente a situação 03, ou seja, de quem tem muito tempo de estudo e ficou perto de 40 a 45 acertos no ENAM. Tirar uma nota muito baixa no ENAM após longo tempo de estudo precisa ser um alerta na sua preparação de que algo não está no rumo certo.

Acertar 40 questões (de 80) é algo esperado após 1 ano e meio de estudos para concursos no máximo (e até menos).

Se você estuda faz 3/4 anos e ainda está na faixa dos 40 acertos ligue o alerta total e veja onde está a falha. Corrija logo os rumos para não continuar perdendo tempo. 


CONSIDERAÇÃO IMPORTANTE: 

Claro que essas dicas são abstratas, porque não tem como tratar de cada um dos 40 mil alunos que fizeram essa prova. Mas é uma parametrização para vocês terem ideia mais ou menos de o que fazer. 

Um aluno que acertou 40 questões tem claramente problema com a base de estudos, e deve focar em um estudo mais lento. Esse aluno pode estar começando agora ou ter formado uma base ruim, não importa, ele é tido como iniciante. 40 pontos ainda é longe do ideal para ser aprovado.

Já um aluno que acertou 55 questões, claramente já tem um material feito e só precisa revisar. 

Mas isso é em regra, que, claro, admite exceções.  


Devo estudar as matérias locais ou só as do ENAM?

Se você reprovou no 1 ENAM deve estudar apenas as matérias do ENAM, afinal de contas você não quer correr o risco de uma segunda reprovação. Deixe as matérias locais para depois. Eu faria isso, com certeza. 


Certo amigos? 


Eduardo, em 14/05/2024

No instagram @eduardorgoncalves

2 comentários:

  1. Me formei em Janeiro desse ano. Fiz 50 pontos. Errei muito em civil e processo civil. Agora vou reforçar esses pontos para garantir no próximo.

    ResponderExcluir
  2. Esclarecedor! Obrigado pelo direcionamento

    ResponderExcluir

Sua interação é fundamental para nós!

SIGAM NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES.

ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM CLICANDO AQUI.

PARTICIPEM DO NOSSO FÓRUM DE DISCUSSÕES.

GOSTOU DO SITE? ENTÃO NÃO DEIXE DE NOS SEGUIR NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES.

ALÉM DISSO, ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM.

NÃO DEIXE DE LER!