Dicas diárias de aprovados.

AS DORES DA APROVAÇÃO E DA REPROVAÇÃO

Olá queridas e queridos. Espero que estejam todos bem, e estudando firmes! Eu sou Marco Dominoni (@dominoni.marco) e hoje eu queria trazer para vocês esse tema que é muito recorrente no acompanhamento da preparação para concursos públicos: as dores dos concurseiros!

Todo processo de crescimento é doloroso. Se você é pai ou mãe de adolescente, chega num determinado momento da vida que a criança começa a sentir umas dores nas pernas... daí você vai ao médico e ele diz: está doendo pois está crescendo! Eu mesmo, depois de 47 anos como sedentário, passei a ser marombeiro e, de lá para cá, não tem um dia sequer que eu não acorde dolorido: é a musculação que está formando fibras nesse corpítio que só tinha gordura...rsrsrs. E é assim também nos concurseiros: não dói somente no corpo - dói na alma!

E eu vou te dar duas notícias: uma boa e uma ruim! A boa é que vai passar! Aliás, vocês vão passar! É líquido e certo: quem prosseguir, persistindo de maneira racional, colmatando lacunas, corrigindo rumos durante a jornada, vai passar! Essa é a primeira certeza que tenho acerca dos concursos: a aprovação é certa...um questão de tempo... pouco tempo ou muito tempo, mas é certo que você vai passar!

A ruim é que esse processo (o de dor) é inevitável! Não existe quem tenha passado sem sentir, na própria carne, essas dores! Ninguém! Quem desconsidera isso é porque não passou pelo processo! “Ah, mas o Eduardo passou com vinte e pouquinhos anos”... ele fala para todo mundo que estudou mais de 5 anos... doeu, tenho certeza! Eu passei com 38 anos de idade, quase 10 anos após formado, filho, esposa... são muitas dores! E mais: para quem não sentiu a dor na própria carne, nunca vai entender a dor do outro! Mas nós estamos aqui, e te entendemos!

Tenha a certeza que, naqueles momentos em que você está sozinho, acordando antes das 6 da manhã aos sábados e domingos, sozinho na tua mesa de estudos, há um olhar especial para você, atento ao teu esforço, um olhar de pai, o olhar do Pai, que te guarda e te dá força para seguir rumo à aprovação. E Ele vai te dar a vitória no momento certo!

Nesse caminho, as reprovações são a segunda certeza para os concurseiros (não conheço aprovado que nunca tenha sido reprovado). É nesse momento (o das reprovações) que temos de tirar forças de todos os lugares... de Deus, da família, dos filhos, da insatisfação com o que fazemos hoje (ou se não fazemos), da falta de grana...enfim! Temos de nos apegar aos nossos motivos para estarmos ali e, neles, perseverarmos, seguirmos em frente pois a aprovação pode estar no próximo concurso! Nesse caminho não importa quantas aprovações você vai ter, pois uma só te basta! O importante é quantas reprovações você vai superar, pois a aprovação pode chegar depois de muitas reprovações! Resista! Persista! Persevere e acreditem! Sigam firmes e vocês verão que valeu muito a pena.

Eu te desejo um dia maravilhoso! Contem sempre comigo!

Dominoni (@dominoni.marco)

 

PS.: ofereço esse texto a todos vocês que se dispõem a se submeter ao duro e dolorido processo de aprovação em concursos públicos, e especialmente ao Marquinho, meu ex-estagiário, mentorado e, principalmente, amigo para toda a vida! Querido, não sabemos o resultado das discursivas da DPEMS, mas nós temos a certeza de que você deu o seu melhor, e normalmente isso é suficiente para a aprovação. Mas se não for esse o tempo de Deus para você, não desanime! A tua trajetória é maravilhosa, e eu tenho muito orgulho de você e do trabalho que você fez. Tire forças do Pai, de suas origens, do Michel, do trabalho anterior que não supria as tuas demandas... enfim... o Marquinho de hoje é infinitamente mais preparado do que quando começamos no ano passado. E esse caminho não pode ser desperdiçado. A cada dia você está melhor, acredite!

“E disse-me: a minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo.

Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte. 2 Coríntios 12:9,10”

PS2.: se essa postagem te ajudou de alguma maneira, compartilha com aquele amigo que está na mesma luta que você!


8 comentários:

  1. O simples que faz a diferença; SEGUIMOS FIRMES!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Firmes!!!!! Vai valer a pena! Grande abraço! Dominoni

      Excluir
  2. Obrigada pelo texto! Sábias palavras.

    ResponderExcluir
  3. Excelente. Veio em uma boa hora. Tinha me preparado para uma prova, mas acho que não deu. E fiquei triste. Porque era algo que eu queria muito. Obrigada por esse texto, ele me ajudou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que ajudou! Fique firme no propósito! A vitória virá! Grande abraço

      Excluir

Sua interação é fundamental para nós!

SIGAM NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES.

ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM CLICANDO AQUI.

PARTICIPEM DO NOSSO FÓRUM DE DISCUSSÕES.

GOSTOU DO SITE? ENTÃO NÃO DEIXE DE NOS SEGUIR NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES.

ALÉM DISSO, ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM.

NÃO DEIXE DE LER!