Quem passa por aqui, PASSA!

SIGAM NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES, @MEUESQUEMATIZADO e @MEUORGANIZADO.

ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM CLICANDO AQUI.

PARTICIPEM DO NOSSO FÓRUM DE DISCUSSÕES.

LEIAM NOSSO "MANUAL DO CONCURSEIRO"

04 VERDADES SOBRE O EXAME DA OAB

Olá pessoal, tudo bem?


Hoje vamos falar de 04 situações envolvendo a OAB e que dificilmente te contam.

Vamos lá:


1 - Ter sido um bom aluno na faculdade pode ajudar, mas não garante aprovação no Exame da Ordem.

 

José, tido como “inteligente”, MGP alta, que passou nas provas do estágio, o típico CDF, pode não ser aprovado na OAB de primeira. 

 

Já Lucas, aluno mediano, do fundão, que conta as faltas para não ser reprovado pode passar.


Sabe por que? Porque o Exame da Ordem é uma prova estratégica, que exige equilíbrio emocional e conhecimento panorâmico.

 

São 80 questões, 17 matérias em 05 horas de prova. Você precisa acertar 50% da prova, ou seja, marcar o X correto em 40 questões.

 

Não queira inventar nem dificultar sua preparação.

 

Estude com material voltado para OAB, faça questões, leia a lei seca e treine com simulados.

 

Parece muito abstrato? Continue lendo esse post.

2- Assistir cursinho de vídeo aula não garante aprovação.

 

Boa parte dos alunos que reprovam, compraram vídeo-aulas de todas as matérias e simplesmente esqueceram dos outros e principais pilares: lei seca e questões.

 

Além disso, com vídeo-aula de 17 matérias para assistir, o aluno não consegue nem ver todas as aulas, se perde no meio do caminho, sente que não está avançando, se desmotiva e já chega na prova com a sensação de que não vai conseguir.

 

Não caia nessa! Cursinho pode ajudar, mas não será o determinante em um estudo reta final.


 

3- Passar na OAB negligenciando Ética se torna muito mais difícil.

 

Para se dar ao luxo de não estudar essa matéria o aluno precisaria se garantir muito nas outras matérias. Eu não correria esse risco.

 

Essa é a disciplina com maior número de questões na sua prova.

 

São 08 questões, 10% da prova e 20% dos pontos que você precisa para ser aprovado.

 

Além disso, a matéria apresenta um excelente custo benefício, são apenas 03 diplomas legais.

 

Ou seja: estudem Ética!  


 

4- A OAB é conciliável com a sua rotina, não precisa sair do estágio ou do trabalho para ser aprovado.

 

Desconfiem de pessoas que dizem que estudam 6/8 horas ou até mais para o Exame da Ordem. 

 

Não caiam nessa fanfic!

 

03 a 04 horas de estudos diários são suficientes. Se você tiver mais: ótimo! Se você tiver menos: compensa no final de semana!

 

É muito mais o “como” que o “quanto” estudar que vai te garantir uma boa nota no Exame da Ordem.

 


Novidade: Vamos lançar em breve mentoria para a OAB com os recordistas de acertos na primeira fase do exame. 

O professor Eduardo Gonçalves fez 69 pontos, Mariana Fioravante fez 70 pontos, eu fiz 58 pontos ainda no 8º período e ainda temos o professor e Defensor Público Federal Rafael Bravo na nossa equipe!

 

Nossa mentoria para OAB está no forno.

 

 Nela vocês terão um acompanhamento completo: cronograma de estudos, material de apoio voltado para OAB, vídeos interativos, simulados com questões inéditas e comentadas, além de contato direto com os professores .

 

Nossa proposta é garantir que você saiba exatamente o que e como estudar.

 

Além disso, temos o selo EG Concursos de qualidade.

 

Aguardem novidades em breve!

 

Contem comigo, 

 

 

Mariana Dantas.

Instagram: @profmarianadantas

1 comentários:

  1. Professora, boa tarde.
    Estou estudando para PGM, porém, como estou no penúltimo ano do curso de direito, tenho colocado em meus ciclos a matéria de Ética. A Sra. acha o foco para Procuradoria diverge muito do que é cobrado na OAB?

    ResponderExcluir

Sua interação é fundamental para nós!

GOSTOU DO SITE? ENTÃO NÃO DEIXE DE NOS SEGUIR NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES, @MEUESQUEMATIZADO E @MEUORGANIZADO. ALÉM DISSO, ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM.

NÃO DEIXE DE LER!