Quem passa por aqui, PASSA!

SIGAM NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES, @MEUESQUEMATIZADO e @MEUORGANIZADO PARA DICAS, SORTEIOS, LIVES, NOTÍCIAS E MUITO MAIS

ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM CLICANDO AQUI

ROTINA DE CONCURSOS - DESCANSO PÓS-PROVA


Olá pessoal,

Como andam os estudos? Mais uma semana se inicia e temos que continuar firmes e focados na preparação! Uma hora a aprovação chega!

Estamos vivendo um período em que vários concursos estão acontecendo. Na verdade, no meio dos concursos jurídicos, essa situação não é rara: quem nunca já teve que fazer duas provas de concurso ou mais em um mês ou até mesmo em fins de semana consecutivos?

Me lembro que quando estudava para os concursos cheguei a fazer três provas (três finais de semana consecutivos) em um mês, o que foi bem cansativo.

Essa rotina faz parte e vale muito a pena, pois é experiência de prova que você está adquirindo! Sempre falo para o aluno que piloto de avião bom é aquele que tem várias horas de voo. O concurseiro que está se preparando bem, de forma sólida, também tem muito tempo de prova! A afirmação é verdadeira: você pode reprovar 10, 20 vezes antes de alcançar a aprovação! Mas você só precisar ser aprovado uma única vez para resolver sua vida concurseira.

Essas provas em que fomos reprovados não serviram para nada? Fazer prova ajuda a obter mais experiência, a corrigir seus erros e identificar suas fragilidades no estudo! É muito importante fazer prova e aprendemos muito com nossa reprovação.

Mas antes que eu fuja mais do tema, gostaria de tratar com vocês algo que entendo necessário na nossa rotina de estudos: o descanso após a prova.

Muitos alunos e bons candidatos entendem que estudar é ter muito foco, que a preparação deve ser incansável, todos os dias e finais de semana, sempre tentando estudar o máximo de horas possíveis ao longo do dia. Alguns deixam de lado os exercícios físicos, o convívio com amigos ou familiares, para se preparar de forma “hard” para os concursos.

Eu, Rafael, entendo que esse foco é muito bom, mas que tudo na vida, se levado ao extremo, ou seja, se traduzir diversos sacrifícios o tempo todo, não é bom! Fazer exercícios físicos é bom para a rotina de estudos, assim como ter um tempo durante a semana para ficar com a família ou ver os amigos.

Essa é a minha opinião pessoal! Você pode até não concordar com ela e achar que deve estudar todos os dias, inclusive sábado e domingo. Mas faça uma pergunta para si mesmo: durante quanto tempo você acha que conseguirá manter essa rotina?

O estudo é uma preparação que exige um prazo mais longo. Alguns passam depois de um ou dois anos. Outros, demoram 4, 5, 8 anos para passar. Cada um tem seu ritmo e estratégia de preparação.

Agora, descansar, principalmente após uma prova de concurso, é sempre uma boa medida para você recuperar as forças, manter-se focado e aguentar o prazo longo da preparação.

Recentemente tivemos nos fins de semana várias provas: MP/SC (14/07), 2ª Fase da DPE/SP (14/7), e, mais recentemente, MP/SP (21/07). Muitos concurseiros fizeram provas em fins de semana seguidos.

Pessoal, aconselho fortemente que vocês descansem após cada prova, para aguentar o ritmo de estudos!

Se você é um concurseiro que funciona bem sob pressão, com a prova bem próxima, e deseja estudar direto nesse período de provas, perfeito! Isso pode ser feito! Fez a prova do MP/SC no fim de semana, já na segunda-feira comece a estudar/revisar conteúdo para MP/SP.

Agora, se você está cansado(a), possui um ritmo diferente, isso também não é problema algum! Não significa que você não vai passar em concurso, mas apenas que seu funcionamento exige um descanso. Nossa “máquina” (cérebro) precisa de manutenção para que no outro fim de semana você possa fazer mais uma boa prova ou, então, para que você possa voltar a estudar com foco e determinação.

Portanto, se você fez prova no domingo, não é problema algum descansar no dia seguinte, na segunda-feira, por exemplo. Ficar em casa, ver a família, sair com a namorada(o), fazer um exercício físico, todas são atividades válidas.

Na segunda-feira de noite ou terça de manhã você já pode, de forma mais leve, pegar a prova que você fez e revisar, ver o que errou, corrigir seus erros e ver o gabarito (se já estiver disponível).

Vá lá no ranking do site “Olho na Vaga” e coloque seu nome lá para ver como você está na classificação. Essa atividade é tranquila e não cansa ou exige concentração como estudar a doutrina e ler a legislação!

Para fins didáticos, segue uma tabela do que o concurseiro pode fazer nesse período pós-prova:

Domingo
Segunda
Terça
Quarta



Prova de Concurso
Descanso
(Dia para recuperar o fôlego)
De noite, se você estiver bem e sem nada para fazer, pode corrigir a prova.
De manhã: descanso ou outra atividade leve, como ler informativos.
De tarde: correção da prova, revisão e ver os rankings na internet.
Dia de estudo normal!
Aqui devemos voltar com gás para os estudos, tentar retornar ao nosso ritmo anterior.

Então pessoal, recomendo que vocês descansem após a prova. Fiquem um ou dois dias para recuperar o fôlego, fazer algo que estava com vontade de fazer há algum tempo como ir no cinema ou para a praia, caminhar em algum parque, ver alguns amigos e etc.

Depois de uma maratona de provas ou de um fim de semana cansativo, vale a pena esse momento para mantermos o ritmo de estudos no longo prazo! E acredito que dois dias são um bom tempo. Caso precise de mais, recomendo que na quarta faça um estudo mais leve, estude 3 ou 4 horas ao invés de 6 ou 7 horas que você costuma estudar, por exemplo. E dia-a-dia você vai retomando sua rotina normal.

O que eu não recomendo é que você fique uma semana inteira sem estudar, pois corremos um risco que é a ruptura prolongada do nosso ritmo de estudos. Muitos bons candidatos que fazem isso, após uma semana, possuem mais dificuldade para sentar e estudar.

Quem nunca conheceu um amigo concurseiro que estudava muito bem para uma prova e depois que passava o concurso ele ficava sem estudar durante meses? Aquele que só voltava a estudar quando havia notícias de um novo edital geralmente tem mais dificuldade de manter seu ritmo e, consequentemente, demora mais para passar em prova.

Então, um descanso com intervalo prolongado, como 1 semana inteira, pode desestimulá-lo a voltar a estudar, quebrar seu ritmo.

Não digo que você não pode fazê-lo, pois quem conhece melhor você é você mesmo. Mas peço que reflita bem e prepare seu psicológico para voltar a estudar. Se você conseguir voltar ao ritmo depois de uma semana, ótimo! Se não conseguir, me mande um email que posso ajudar! :)

Pessoal, esse texto foi elaborado pensando nos alunos que fizeram prova nesse fim de semana. Muitos me falam que se sentem culpados em descansar depois e que acham que deveriam estudar non-stop: não fiquem! Aproveitem esse tempo da melhor forma possível, sem culpa e com estratégia de retornar para o seu canto de estudos na terça ou quarta-feira.

Gostaria de lembrar também que essa estratégia que eu passo para vocês funcionou comigo, mas não é a verdade absoluta. Cada um tem um ritmo. De qualquer forma, acredito que sirva para a maioria dos concurseiros e que vale, ao menos, uma reflexão.

A estratégia ajuda a criar o ritmo, o ritmo cria o hábito e o hábito impulsiona você para aprovação!

Abs a todos e até a próxima!
Rafael Bravo                                                                      Em 22/07/19.
instagram com dicas de concurso: @rafaelbravog
www.cursocliquejuris.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

Sua interação é fundamental para nós!

GOSTOU DO SITE? ENTÃO NÃO DEIXE DE NOS SEGUIR NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES, @MEUESQUEMATIZADO E @MEUORGANIZADO. ALÉM DISSO, ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM.

NÃO DEIXE DE LER!