Quem passa diariamente por aqui, PASSA!

SIGAM NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES e @MEUESQUEMATIZADO PARA DICAS, SORTEIOS, LIVES, NOTÍCIAS E MUITO MAIS

DICAS IMPORTANTES SOBRE COMO RECORRER

Olá, gente! Muitas pessoas têm dificuldade em apresentar recursos às questões da prova. Eu vou dar algumas dicas para ajudá-los a elaborar um recurso objetivo, simples e eficaz. Ok?

A postagem pode ser útil agora ou depois! Seja qual for a sua realidade, lembre dessas dicas quando precisar. Fiz o post pensando nos recursos às provas objetivas. LEMBRE-SE de ler o que dispõe o seu edital sobre os recursos, forma, prazos, etc.

A dica "01" do recurso é conferir se a questão abordada está respaldada no conteúdo programático. Questões que não constam no conteúdo devem ser anuladas. Acredite, isso acontece algumas vezes e, se você errou a questão, pode conseguir a anulação. 

Vamos lá! 

1- RECORRA. Sei que muitas vezes a elaboração de um recurso (às vezes vários) cansa, mas, não deixem de recorrer de todas as questões POSSÍVEIS. Isso poderá aumentar sua nota e ser decisivo para sua aprovação. Não espere o recurso alheio. Vale lembrar: não é recorrer de tudo, é recorrer quando de fato cabe um recurso. 

2- SEJA DIRETO. Não elabore recursos muito longos. Hoje em dia, as bancas limitam os caracteres possíveis, mas, mesmo assim, lembre de ser direto ao ponto e conciso nos argumentos. 

3- EVITE FLOREIOS. Você não vai conseguir o deferimento do seu recurso elogiando a banca/examinador. Utilize o espaço para uma fundamentação objetiva.

4-EVITE CITAÇÕES LONGAS tanto de doutrina quanto jurisprudência. Ao fazer a citação de uma doutrina, utilize apenas o trecho que fundamenta seu recurso. Da mesma forma, quanto a um precedente judicial, reproduza o trecho que sustenta seu argumento. Se você pretende demonstrar que há vários doutrinadores no mesmo sentido ou vários precedentes, transcreva o melhor e, quanto aos demais resuma assim: "No mesmo sentido: [referências de doutrina e julgados].

Exemplo: Segundo José dos Santos Carvalho Filho.... No mesmo sentido: Celso Antônio Bandeira de Melho... Matheus Carvalho.

5- ESTRUTURA BÁSICA:
A) exponha, resumidamente, a questão; B) exponha o gabarito indicado; C) apresente seus argumentos D) requeira a anulação.

Exemplos:  

A questão n. X solicita que seja indicada a resposta correta quanto à(o) [ASSUNTO] ... O gabarito provisório indica como resposta correta a alternativa “y”. Todavia, analisando com cuidado, essa alternativa está equivocada, pois... 
segundo o autor Z, a definição de ... é ... 
Ainda, o entendimento do Tribunal K é no mesmo sentido ... 
Diante do exposto, por considerar que não há resposta correta, requeiro a anulação da questão. 

A questão n. X solicita que seja indicada a resposta correta quanto à(o) ASSUNTO ... O gabarito provisório indica como resposta correta a alternativa “y”. Todavia, analisando com atenção, há no quesito mais de uma resposta correta. 
Com efeito, segundo o autor Z, a definição de ... é ... 
Ainda, o entendimento do Tribunal K é no mesmo sentido ... 
Diante do exposto, por considerar que há mais de uma resposta correta, requeiro a anulação da questão. 

É isso gente! Um abraço a todos e todas. Quem tiver dúvidas, estou no instagram @holandadias e na medida do possível respondo todo mundo. 

Gus, em 4/9

0 comentários:

Postar um comentário

Sua interação é fundamental para nós!

GOSTOU DO SITE? ENTÃO NÃO DEIXE DE NOS SEGUIR NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES e @MEUESQUEMATIZADO