Quem passa por aqui, PASSA!

SIGAM NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES, @MEUESQUEMATIZADO e @MEUORGANIZADO PARA DICAS, SORTEIOS, LIVES, NOTÍCIAS E MUITO MAIS

ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM CLICANDO AQUI

DICAS IMPORTANTES SOBRE COMO RECORRER

Olá, gente! Muitas pessoas têm dificuldade em apresentar recursos às questões da prova. Eu vou dar algumas dicas para ajudá-los a elaborar um recurso objetivo, simples e eficaz. Ok?

A postagem pode ser útil agora ou depois! Seja qual for a sua realidade, lembre dessas dicas quando precisar. Fiz o post pensando nos recursos às provas objetivas. LEMBRE-SE de ler o que dispõe o seu edital sobre os recursos, forma, prazos, etc.

A dica "01" do recurso é conferir se a questão abordada está respaldada no conteúdo programático. Questões que não constam no conteúdo devem ser anuladas. Acredite, isso acontece algumas vezes e, se você errou a questão, pode conseguir a anulação. 

Vamos lá! 

1- RECORRA. Sei que muitas vezes a elaboração de um recurso (às vezes vários) cansa, mas, não deixem de recorrer de todas as questões POSSÍVEIS. Isso poderá aumentar sua nota e ser decisivo para sua aprovação. Não espere o recurso alheio. Vale lembrar: não é recorrer de tudo, é recorrer quando de fato cabe um recurso. 

2- SEJA DIRETO. Não elabore recursos muito longos. Hoje em dia, as bancas limitam os caracteres possíveis, mas, mesmo assim, lembre de ser direto ao ponto e conciso nos argumentos. 

3- EVITE FLOREIOS. Você não vai conseguir o deferimento do seu recurso elogiando a banca/examinador. Utilize o espaço para uma fundamentação objetiva.

4-EVITE CITAÇÕES LONGAS tanto de doutrina quanto jurisprudência. Ao fazer a citação de uma doutrina, utilize apenas o trecho que fundamenta seu recurso. Da mesma forma, quanto a um precedente judicial, reproduza o trecho que sustenta seu argumento. Se você pretende demonstrar que há vários doutrinadores no mesmo sentido ou vários precedentes, transcreva o melhor e, quanto aos demais resuma assim: "No mesmo sentido: [referências de doutrina e julgados].

Exemplo: Segundo José dos Santos Carvalho Filho.... No mesmo sentido: Celso Antônio Bandeira de Melho... Matheus Carvalho.

5- ESTRUTURA BÁSICA:
A) exponha, resumidamente, a questão; B) exponha o gabarito indicado; C) apresente seus argumentos D) requeira a anulação.

Exemplos:  

A questão n. X solicita que seja indicada a resposta correta quanto à(o) [ASSUNTO] ... O gabarito provisório indica como resposta correta a alternativa “y”. Todavia, analisando com cuidado, essa alternativa está equivocada, pois... 
segundo o autor Z, a definição de ... é ... 
Ainda, o entendimento do Tribunal K é no mesmo sentido ... 
Diante do exposto, por considerar que não há resposta correta, requeiro a anulação da questão. 

A questão n. X solicita que seja indicada a resposta correta quanto à(o) ASSUNTO ... O gabarito provisório indica como resposta correta a alternativa “y”. Todavia, analisando com atenção, há no quesito mais de uma resposta correta. 
Com efeito, segundo o autor Z, a definição de ... é ... 
Ainda, o entendimento do Tribunal K é no mesmo sentido ... 
Diante do exposto, por considerar que há mais de uma resposta correta, requeiro a anulação da questão. 

É isso gente! Um abraço a todos e todas. Quem tiver dúvidas, estou no instagram @holandadiaskershaw e na medida do possível respondo todo mundo. 

Gus, em 4/9

0 comentários:

Postar um comentário

Sua interação é fundamental para nós!

GOSTOU DO SITE? ENTÃO NÃO DEIXE DE NOS SEGUIR NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES, @MEUESQUEMATIZADO E @MEUORGANIZADO. ALÉM DISSO, ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM.

NÃO DEIXE DE LER!