Quem passa por aqui, PASSA!

SIGAM NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES, @MEUESQUEMATIZADO e @MEUORGANIZADO.

ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM CLICANDO AQUI.

PARTICIPEM DO NOSSO FÓRUM DE DISCUSSÕES.

LEIAM NOSSO "MANUAL DO CONCURSEIRO"

COMPATIBILIDADE DO CONCURSO DE DELTA FEDERAL COM OUTRAS CARREIRAS

Olá meus caros, bom dia a todos. 

Hoje vamos falar sobre o concurso do ano: POLÍCIA FEDERAL, mais especificamente DELTA. 

Seria o meu concurso caso estivesse estudando, pois: (i) muitas vagas; (ii) garantia de nomeação pelo prestígio com o governo; (iii) maior concurso jurídico do ano. 

Eu apostaria na PF, com certeza. 

Hoje vou falar para os alunos que não estudam para a PF e querem compatibilizar com o cargo de DELTA. 


Notamos que poucas mulheres fazem esse concurso, então concurseiras façam a prova da PF. A Rebecca treinou 18 dias para o TAF e passou. A PF não é uma carreira de risco. As lotações são muito melhores que as do MPF! 


Eis a análise de compatibilidade:


Magistratura Federal
Compatibilidade perfeita e próxima a 95%.
Não esqueçam, apenas, de estudar criminologia, reforçar o internacional e a legislação penal especial (crimes federais).
Comecem a treinar questão C x E.

MPF
Compatibilidade próxima a 90%.
Não esqueçam, apenas, de estudar criminologia, reforçar o internacional e a legislação penal especial (crimes federais). Estudem, por aulas, previdenciário e o básico de empresarial também por aulas.
Comecem a treinar questão C x E.

DPU
Compatibilidade muito próxima a 95%.
Não esqueçam, apenas, de estudar reforçar o internacional e a legislação penal especial (crimes federais).
A principal diferença é que a PF cobra mais penal e legislação penal especial e o enfoque de direito internacional é diferente.

Advocacia Pública Federal
Compatibilidade perto de 60%.
Necessidade de estudar muito bem penal, processo penal, legislação penal especial e criminologia. Reforçar internacional (para o enfoque da PF).
Eu, caso já tivesse uma boa base de advocacia pública federal, focaria apenas nas matérias que transcrevi acima.
Certifique-se de estar bom em previdenciário (já cobrado no seu concurso).

Magistratura Estadual
Ótima compatibilidade. Cerca de 80% compatível.
Muda basicamente o que estudar na parte especial do Código Penal, um estudo mais profundo da legislação penal especial (especialmente os crimes federais), aulas de criminologia, aulas de previdenciário e de financeiro, além de um bom material de internacional.

Ministério Público Estadual
Ótima compatibilidade. Cerca de 75% compatível.
Muda basicamente o que estudar na parte especial do Código Penal, um estudo mais profundo da legislação penal especial (especialmente os crimes federais), aulas de criminologia, aulas de previdenciário e de financeiro, além de um bom material de internacional. Saber o básico de tributário e empresarial (que já é exigido para esse concurso).

Defensoria Estadual
Ótima compatibilidade. Cerca de 80% compatível.
Muda basicamente o que estudar na parte especial do Código Penal, um estudo mais profundo da legislação penal especial (especialmente os crimes federais), aulas de previdenciário e de financeiro, além de um bom material de internacional. Saber o básico de tributário e empresarial (que já é exigido para esse concurso).

Polícia Civil – Delegado
Ótima compatibilidade. Cerca de 70% compatível.
Muda basicamente o que estudar na parte especial do Código Penal, um estudo mais profundo da legislação penal especial (especialmente os crimes federais). Vide, ainda, aulas previdenciário, financeiro, tributário e empresarial. Use um bom material de internacional.

PGE/PGM
Compatibilidade perto de 55%.
Necessidade de estudar muito bem penal, processo penal, legislação penal especial, criminologia, internacional e previdenciário.
Eu, caso já tivesse uma boa base de advocacia pública federal, focaria apenas nas matérias que transcrevi acima.


Atentem que mesmo as carreiras mais distantes da PF  podem te dar uma compatibilidade perfeita com pouco esforço, pois basta focar no PENAL, PROCESSO PENAL, LEIS PENAIS e INTERNACIONAL (o pessoal de PGE/PGM que já terá boas chances se fizer isso). 

Além de que o concurso será só ano que vem, então dá tempo. 

Bons estudos a todos. 

3 comentários:

  1. Professor, vale a pena focar para dpf mesmo sem os 3 anos de atividade jurídica? Me formei no início do ano

    ResponderExcluir
  2. Gratidão pelas dicas precisosas, professor!

    ResponderExcluir
  3. Que desserviço ficar estimulando gente que estuda pra outros cargos a prestar esse concurso, que tem uma atribuição tão específica. O cara é de SP, RJ, passa só pelo salário e é mandado pras bandas de cá (NORTE). Vira um profissional deprimido e infeliz, fazendo o que não gosta com uma arma na mão... Por isso os indices de suicídio entre policiais são tão altos. Estude pra carreira que vc tem PERFIL.

    ResponderExcluir

Sua interação é fundamental para nós!

GOSTOU DO SITE? ENTÃO NÃO DEIXE DE NOS SEGUIR NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES, @MEUESQUEMATIZADO E @MEUORGANIZADO. ALÉM DISSO, ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM.

NÃO DEIXE DE LER!