Quem passa por aqui, PASSA!

SIGAM NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES, @MEUESQUEMATIZADO e @MEUORGANIZADO.

ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM CLICANDO AQUI.

PARTICIPEM DO NOSSO FÓRUM DE DISCUSSÕES.

LEIAM NOSSO "MANUAL DO CONCURSEIRO"

OPORTUNIDADE ÚNICA - ÚLTIMO CURSO DE 2019

CURSO PRESENCIAL (WORKSHOP) - PASSO A PASSO DA APROVAÇÃO NA CARREIRA DO MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL

Olá meus amigos,  Faremos um WORKSHOP  em SÃO PAULO , dia 30/11/2019 , com o tema PASSO A PASSO para a aprovação em concursos do MINIS...

O MAIOR OBSTÁCULO DO CONCURSEIRO!


Olá pessoal!

Boa segunda para todos e que a semana renda bastante nos estudos para que vocês possam alcançar em breve a aprovação que desejam!

Aqui é Rafael Bravo e hoje gostaria de tratar de um tema que acho pertinente destacar para vocês!

A pergunta de hoje é: Qual é o maior obstáculo do concurseiro?

Questão financeira?
Muitos dirão que é a grana, ou seja, questão financeira, que impede o concurseiro de adquirir bons livros e um material de apoio consistente. Ainda, sem dinheiro não é possível fazer um bom curso e assistir aulas para reforçar as matérias que não domino muito bem.

Realmente pessoal, a questão financeira é importante sim, não posso negar! Já fui concurseiro e todo dia comia marmita na sala de estudos pois não tinha dinheiro sobrando. Todos os recursos que eu tinha era para os estudos então qualquer economia me ajudava.

Falta de tempo?
Rafael, eu trabalho, cuido de casa e da família!! Nunca tenho tempo para estudar! Empreender em uma rotina de estudos é impossível ou pelo menos não conseguirei a regularidade necessária para adquirir conhecimento suficiente para ser aprovado(a).

Esse também é um problema importante que é enfrentado pelos concurseiros, principalmente aqueles que trabalham, possuem filhos, casa para cuidar e contas para pagar. É inegável que quando o concursando pode se dedicar inteiramente aos estudos essa possibilidade é uma grande vantagem, sendo que muitos podem estudar 6 horas ou 8 horas por dia! Bom para quem pode estudar dessa forma! Mas será que só passa no concurso aqueles que se dedicam integralmente ao estudo? Ou seja, é aquele que “só estuda”, segundo aquele tio chato no encontro de família, que conquista a aprovação?

Falta de concentração?
Rafael, não sei me concentrar nos estudos! Toda hora levanto da cadeira, me distraio com algo e acho que o estudo não é para mim! Não sou uma pessoa capaz de estudar ou nunca conseguirei chegar no nível de conhecimento que os certames exigem!

Ok, mas quantas vezes você já tentou se concentrar? Se não conseguiu, não conseguiu por qual motivo? Tentou uma solução? Mudou de local? Desligou o celular? Você sabe a importância que uma aprovação pode fazer na sua vida?

Pessoal, esses são alguns pontos que alguns concursandos e alunos que atendo sempre destacam como obstáculos para estudar, se organizar e buscar a sonhada aprovação! Mas não são o maior desafio do concursando!

Contudo, sabe qual é o seu maior obstáculo? Se você leu a postagem até aqui é pela identificação com alguma dificuldade que mencionei acima ou até outra que você esteja enfrentando no momento!

Pode parecer livro de autoajuda pessoal e alguns podem até me criticar por falar isso, mas acho importante destacar e relembrar!

O maior obstáculo em concursos é você mesmo!

Posto aqui para vocês uma reportagem que me chamou a atenção e me emocionou: a história de uma rapaz, filho de peão em uma fazenda, que hoje é juiz do DF! Vejam o link:

Alguns podem dizer que ele é exceção, mas confesso que de uns tempos para cá tenho visto mais e mais histórias como essa, além de outras que tomo conhecimento através de alunos e concurseiros e que não viram reportagem no jornal.

A verdade meus caros é que todos temos dificuldades, cada um tem a sua dor e deve achar uma solução para resolver o seu problema, pois estudar para concurso exige isso: vencer os obstáculos, persistir e estudar o máximo que puder.

Se você acredita que os obstáculos que possui são intransponíveis e que a vida de concurseiro não é para você, não adianta nem começar a estudar. Fique aonde está e repense novamente o que você deseja profissionalmente para você! Reflita sobre sua vida primeiro, pois entrar na vida dos concursos é sim uma rotina que exige sacrifício, comprometimento e que para vencermos temos que olhar firmes para o prêmio, que é a sonhada aprovação e posse, e tudo de bom que decorre dessa vitória.

Agora, enfrentando alguns dos obstáculos que muitos concursandos me apontam:
Falta de Dinheiro:
Pessoal, como disse anteriormente, já fui concurseiro sem grana e sei a dificuldade que muitos passam ou, pelo menos, entendo um pouco. É claro que cada um tem uma vida diferente, com condições diferentes. Mas se até o Juiz do DF, filho de lavrador e empregada doméstica, de família pobre, conseguiu estudar, acredito que a esmagadora maioria dos concursandos também consigam. Hoje temos cursos que possuem até sistema de bolsa de estudos! Bons sites fornecem dicas (Vide site do Edu! Rsrs) e materiais gratuitos que podem lhe ajudar a organizar os estudos.

Se não consegue uma bolsa, veja uma amigo que possa dividir o caderno com você! Hoje a corrente de ajuda entre concurseiros é muito grande e acredito que até mesmo quem não tem recurso pode pelo menos começar a estudar.

Agora, se você realmente não tem dinheiro e nada do que falei até agora pode lhe ajudar, o que você pode fazer então para trabalhar, conseguir alguma atividade que lhe dê condições de pagar um curso? Pode ser um processo de juizado que lhe renda honorários, trabalhar como advogado em algum escritório e juntar dinheiro para pagar seus estudos ou qualquer outra atividade que lhe dê uma renda mínima suficiente para estudar e que lhe sobre algum tempo para se dedicar em crescer.

Falta de tempo:
Se você acredita que não tem tempo para estudar, como os concursados que trabalhavam, tinham filhos, família, estudaram e passaram em concurso? Se não sabe, converse com eles. Mande um direct nas redes sociais, pergunte para algum conhecido.

Já lhe adianto: todos saíram da zona de conforto! Tiveram que estudar no fim de semana, estudaram de madrugada ou perderam uma partida de futebol do filho pois precisavam estudar ou fazer prova! Foi um sacrifício que depois foi recompensado com a aprovação!

Portanto, saía da zona de conforto e entenda que 1 hora de estudo por dia é melhor que nada! Estudar 1 hora ou 2 horas todos os dias já coloca você no caminho da aprovação! Estude, mas estude com qualidade, rendendo o máximo possível. Uma hora você vencerá o conteúdo do edital desejado e conseguirá obter o conhecimento necessário para passar!

Outro exercício interessante para quem diz que não tem tempo: quantas horas você fica no facebook por dia? E quantas horas no instagram? Quantas horas assistindo netflix? Ainda, quantas horas no whatsapp trocando mensagens com amigos, enviando piadas ou jogando conversa fora? Se você calcular (hoje em dia temos apps de celular que já calculam esse tempo para você) o tempo que você gasta nessas atividades acho impossível você não encontrar ao menos 1 hora que poderia ser dedicada para os estudos! Já vi concurseiro encontrando 3 horas por dia ou mais de estudo que era perdido em redes sociais.

Falta de concentração:
O estudo não é prazeroso pessoal! Se fosse prazeroso todo mundo estudava!! Você pode tornar o estudo uma atividade mais prazerosa para você, mais dinâmico e que se adeque mais ao seu jeito de funcionar! Alguns preferem vídeo-aulas, outros preferem resumos, outros gostam de mapas mentais! Ok! Cada um com sua estratégia que todos sejam felizes! O importante é estar estudando, aprendendo e progredindo nos estudos, bem como que essa progressão se reflita na sua prova, com acerto de questões e mais pontos ganhos.

Agora, você estuda com o celular na mesa? Estuda pelo laptop ou tablet e fica nas redes sociais? Realmente, o grande problema da distração nos estudos são as redes sociais e o whatsapp! Se você não fizer nada diferente, o problema da falta de concentração sempre lhe acompanhará!

Portanto, desliga o celular e coloca ele em um local de difícil acesso, como em cima de um armário ou na última prateleira da estante de livros. Se você tem alguém na família que pode precisar urgente de você, peça que ligue então para seu telefone fixo ou para o seu celular, que estará no silencioso mas você poderá ver ele vibrar.

No tablet ou computador, baixe seu material e depois sai da internet! Ou então, bloqueie as redes sociais. Evite as tentações que lhe distraem.

Se mesmo assim você não consegue se concentrar, talvez a sua meta que é passar no concurso não esteja tão clara para você! Você sonha com a aprovação? Sonha em viajar, comprar um carro, morar em uma boa casa ou apartamento e exercer uma atividade que lhe agrade? Se você não sonha, pare tudo e reflita sobre o que você quer. Pois o que nos ajuda e motiva a mantermos a concentração e estudar um pouco todos os dias é o “olho no prêmio”.

Tudo isso pessoal é para dizer que o maior obstáculo não é o dinheiro, não é a falta de tempo, não é falta de concentração. O seu maior obstáculo é você mesmo! Por isso, se você tem alguma dificuldade, reflita sobre o que você está fazendo atualmente e o que pode fazer de diferente para resolver sua situação. De qualquer foram estou à disposição no email e nas redes sociais para lhe ajudar!

O caminho é árduo e exige crescimento e amadurecimento, mas o sacrifício vale a pena! Acredite!

Abs a todos e até a próxima!
Rafael Bravo                                                                         Em 07/07/19.
instagram com dicas de concurso: @rafaelbravog
www.cursocliquejuris.com.br

5 comentários:

  1. Com todo respeito, já havia lido textos ruins de auto-ajuda, mas esse se superou... quanta abobrinha, me surpreenderia se efetivamente ajudasse alguém

    ResponderExcluir
  2. Texto repetitivo e efadonho

    ResponderExcluir
  3. Meritocracia pura em 2019? Basta!
    Meu amigo, concurseiro rico quando faz prova em sala sem ar já reclama q está em desvantagem. Que os concorrentes não estão passando calor. Papai sustenta até os 30 anos até passar com mesada de 3 mil reais.
    Vá ler sobre racismo estrutural, sobre capital cultural. Basta pegar o censo do CNJ e ver que quem é membro é branco, parente de gente rica influente. Aí um coitado que dorme na escola e conta moedas se torna o exemplo.
    Assim, realmente, precisa se esforçar e persistir. Mas o texto é bem fraquinho, viu?
    Iniciativas como o magistratura para todos, os cursinhos populares p DPE, as bolsas do IRB, trabalhos de mapeamento e implementação de políticas como faz o CEERT sim são válidas, pois assumem o mundo excludente que é o concurso público de carreira e buscam mudar essa realidade.

    ResponderExcluir

Sua interação é fundamental para nós!

GOSTOU DO SITE? ENTÃO NÃO DEIXE DE NOS SEGUIR NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES, @MEUESQUEMATIZADO E @MEUORGANIZADO. ALÉM DISSO, ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM.

NÃO DEIXE DE LER!