Quem passa diariamente por aqui, PASSA!

RETA FINAL DPU - ÚLTIMAS DICAS

Olá pessoal!! Tudo bem?
Desejo a todos uma excelente semana para todos!
Estamos na reta final da DPU! A prova objetiva será aplicada agora, dia 24/09! Por tal motivo, essa semana faço uma pausa na análise nos artigos do CPC sobre Defensoria Pública para postar no site uma orientação final para o certame.
Muitos alunos me procuram através de email ou no whatsapp para obter algumas dicas e tirar dúvidas sobre a prova da DPU! Portanto, vou passar para todos que acompanham o Site do Edu últimas dicas para a prova objetiva da DPU.
Essas dicas são as mesmas que eu passo para meus alunos do coaching desde o 1º ciclo! Além de outras dicas e orientações, uma primeira recomendação que eu destaco para vocês é referente a estratégia para a prova!
Pessoal, não adianta ir para a prova da DPU sem uma estratégia definida! Temos que pensar em como responder as questões da prova, já que uma errada anula uma certa! Não queremos ficar devendo para o próximo concurso com – 1ponto, -10 pontos, etc. rsrs
Temos inúmeras matérias na prova (23 disciplinas): Civil, Processo Civil, Penal, Processo Penal, Constitucional, Administrativo, Penal Militar, Processo Penal Militar, Trabalho, Processo do Trabalho, Empresarial, Ambiental, Criminologia, Tributário, Eleitoral, Consumidor, Previdenciário, Internacional, Sociologia Jurídica, Filosofia do Direito e Noções de Ciência Política!
É natural que o candidato não saiba todas as questões e que existam questões na prova que você nunca nem ouviu falar! Nesse caso, vale mais a pena talvez deixar em branco a questão.
Rafael, e se eu não estudei humanísticas para a prova (Filosofia, Ciência Política, Sociologia)? No site do CCJ existe um resumo de humanísticas para quem quer correr atrás dessas disciplinas. Mas se você não estudou e não terá tempo de estudar, separe uma margem para deixar essas questões em branco e só arriscar naquelas que você possui uma noção pelo menos.
Agora, quantas questões eu deixo em branco? Pessoal, sempre oriento aos alunos que, na hora do aperto, deixem uma margem de 10% a 15% da prova em branco.
Ou seja, trabalhe com uma margem de até 20, 30 questões que podem ser deixadas sem resposta (em branco). Assim você deixa de acertar e ganhar pontos, mas ao mesmo tempo não corre o risco de perder pontos preciosos que podem te levar para a 2ª fase.
Muitos candidatos já deixaram 50, 80 questões em branco e não passaram. Acho uma estratégia errada já que você tem 50% de chance de acertar as questões (certo e errado). Você deixa de pontuar nesses casos e tem que se garantir nas 120 ou 150 questões que você respondeu.
E como estudar nessa reta final?
Pessoal, conforme eu, Eduardo Gonçalves e Marco Dominoni falamos no edital esquematizado, o aluno deve se preocupar na última semana com revisão de informativos.
O Dizer o Direito costuma lançar sempre um revisaço de informativos antes da prova. Acredito que em breve devem disponibilizar no site deles então fique atento e quando lançar a revisão jurisprudencial baixe e leia na quinta e na sexta. Muitas questões virão dos informativos e jurisprudência dos tribunais.
Tire um dia para revisão de súmulas vinculantes, súmulas do TNU (previdenciário) e últimas súmulas do STF e STJ (infelizmente agora nessa altura do campeonato não temos tempo para ler todas).
Além da jurisprudência, é importante a leitura da legislação, principalmente das convenções e tratados de Direitos Humanos e em internacional. Se possível, faça uma leitura final da Constituição para a prova!
Ainda, outra dica fundamental: faça a prova antiga da DPU e corrija o que errou!! Faça a prova duas vezes nessa semana como forma de treinamento e ver onde estão os seus erros, pontos de maior dificuldade! Comece hoje mesmo fazendo a prova!!
Quando fizer a prova, tente simular o dia do certame!! Cronometre seu tempo para responder tudo em 4 horas, deixando 1 hora para passar a limpo o cartão-resposta.
Abaixo segue um quadro com uma estratégia final para organizar seu estudo até a prova e ajudar a controlar a ansiedade! Para aqueles que possuem muitas horas livres de estudo por dia (8 horas, 9 horas por dia) o quadro abaixo é uma sugestão. Vocês podem utilizar parte do seu tempo para encaixar revisões de uma ou outra disciplina, principalmente as matérias peculiares da DPU (Militar, Trabalho, etc).

Segunda-feira
Faça a prova antiga da DPU e verifique seus erros
Revisão das disciplinas que possui mais dificuldade e que apresentou mais erros
Terça-feira
Leitura de Legislação de Direitos Humanos, Internacional, Leis Especiais de Direito Penal
Quarta-feira
Leitura de Legislação e da Constituição
Quinta-feira
Estudo de súmulas TNU, STF, STJ e TST
Sexta-feira
Continuação da leitura de súmulas
Revisão do Dizer o Direito
Sábado
Revisão do Dizer o Direito
Domingo – dia 24/09
Dia “D”!! Boa prova e faca na caveira!!

Pessoal, o quadro acima é uma sugestão para a última semana que precede a prova. Fiquem livres para estudar da forma que acharem melhor para vocês. Essa é uma estratégia que eu uso e que foi exitosa para mim e para outros alunos do meu coaching.
Aproveitem esses dias que antecedem a prova para refazer a prova antiga da DPU como já disse e fazer exercícios, revisar pontos das disciplinas que possui mais dificuldade! Agora é a hora do autoconhecimento, de percebermos onde podemos melhorar, onde estamos errando!
Grande abraço e bom estudo!
Rafael Bravo
@rafaelbravog

rafaelbravo.coaching@gmail.com

10 comentários:

  1. Eu procurei esse resumo de humanistica mas nao achei. Tem como colocar o link?

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde! Alguma sugestão de ponto de corte? Eu farei essa prova pela primeira vez e não consegui descobrir o ponto de corte da anterior, para ter uma base.

    ResponderExcluir
  3. Que site é esse do CCJ que tem o resumo de humanística? Obrigado

    ResponderExcluir
  4. Joguem no google "cliquet juris" é o site do professor.

    ResponderExcluir

Sua interação é fundamental para nós!