DICAS PONTUAIS PARA SUA APROVAÇÃO

COMO MONTAR SEU QUADRO-HORÁRIO DE ESTUDOS

Olá, gente! Tudo bem?

Percebo que a dificuldade de muitos alunos é organizar o horário de estudo – componente fundamental de seu planejamento. Vou dar algumas dicas e espero ajudar vocês.... Vamos lá?

Primeiramente você deve enumerar as disciplinas, ou seja, as matérias a serem estudadas. Exemplo: Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Civil, Direito Penal, Processo Penal, Processo Civil.

Depois, divida o seu tempo disponível, pense nas suas atividades cotidianas, nos seus compromissos profissionais, cursos, etc. Lembre de separar, se possível, seu momento de descanso/lazer. E, por fim, insira o seu estudo como uma atividade, uma obrigação que irá de fato cumprir na sua agenda! Exemplo: Posso estudar apenas à tarde e nos fins de semana, pela manhã e à tarde.

Como ficaria, pelo nosso exemplo, seu quadro de horários (em fundo azul os horários não úteis para estudo):

Seg.
Terça
Quarta
Quinta
Sexta
Sábado
Dom.






















Em seguida, distribua as disciplinas dentro dos espaços de tempo disponíveis, priorizando as disciplinas mais relevantes do seu concurso nos espaços maiores de tempo, de modo que haja mais tempo para as matérias mais relevantes ao seu concurso. Se o espaço de tempo for menor do que o de disciplinas, é possível combinar matérias menos relevantes, observando a relação entre elas. Se o seu concurso exige, por exemplo, Tributário e Financeiro sem profundidade, você pode combinar essas disciplinas... Urbanístico e Ambiental, Consumidor e ECA, etc. Exemplo: Dentre aquelas matérias que citei, as mais importantes são: Constitucional e Administrativo, pois o conteúdo é mais amplo e caem mais questões. Caso haja algum “tempo livre”, adicione atividades que possam incrementar seu estudo, como responder provas anteriores, leitura de jurisprudência, etc.

Seg.
Terça
Quarta
Quinta
Sexta
Sábado
Dom.






Responder
Prova e Inf. (simular)
Processo Civil
Civil
Constitucional
Penal
Administrativo
Proc.
Penal
Constitucional
Administrativo









Um fator que sempre levo em consideração é não colocar matérias que o aluno não gosta de estudar em horários que ele não se sinte muito disposto. Exemplo: Se você tem mais dificuldade para estudar pela manhã, não vale à pena programar estudar matérias que também não gosta. Isso porque a qualidade desse estudo tende a estar prejudicada!  Ao contrário, se você gosta da matéria, mesmo que não seja o dia ou horário em que ama estudar, seu estudo ficará mais leve, vai ser mais fácil vencer essa barreira.  

Você pode adaptar seu horário de estudo, lembrando sempre que ele deve ser constante, regular, ter foco no que quer, ter método, organização, responder muitas questões e revisar.

Espero ter ajudado e vou aguardar os comentários com dúvidas e sugestões. No próximo post, vou falar sobre um outro método para organizar o estudo para quem tem uma "v1d4 l0k4", ou seja, horários imprevisíveis, sem possibilidade de dias fixos, etc.

Gus, em 06/05/17
Estou no Instagram™ como @holandadias  em breve faremos um sorteio de livros por lá ! ;)

13 comentários:

  1. Tudo bem Gus?
    Por exemplo, pra quem está formando a base, não fica muito ruim, por ex, ver processo civil 1x na semana só?
    Como funcionaria as revisões dentro desse seu cronograma?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gabriel! Tudo bem! E vc? Olha... 1x na semana talvez seja pouco para um concurso e não para outro. Nesse caso foi o mais adequado para o nosso exemplo em que essa disciplina não era tão relevante, bem como pela disponibilidade de tempo. É importante destacar que o quadro é bem individual! Abraço

      Excluir
  2. Postagem excelente!! E quanto à quantidade de disciplinas/dia? Eu tenho 4 horas disponíveis/dia e 8h aos finais de semana, o que sugere?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Eu sempre sugiro, dentro da possibilidade, 2 h pra cada disciplina.

      Excluir
  3. Montei meu horário de estudo para o concurso de Analista do TRE BA, mas ainda estou na dúvida como incluo a leitura de informativos, jurisprudência... se é melhor separar 1 ou 2 dias na semana ou ler a cada 15 dias...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Matheus! Primeiro, obrigado pela interação. Isso vai depender de alguns fatores: importância da leitura do informativo no seu concurso, seu tempo disponível de estudo, quantas e quais as outras matérias, etc. Se você está em dia, pode ficar de 15/15 dias. Mas se não está, e se tem tempo disponível pra incluir no seu quadro, pode colocar 1x na semana. 2 x na semana eu acho muito, exceto se está desatualizado, "devendo" muitos informativos. Espero ter respondido.

      Excluir
  4. Obrigado pelas orientações. Sem planejamento as coisas ficam bem difíceis.

    ResponderExcluir
  5. Gustavo, agradeço imensamente pela ajuda aos colegas concurseiros.
    Meu objetivo é Ministério Público Estadual, você acha que o estudo de jurisprudência tem de ser mais que uma vez na semana? Grato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Magno, obrigado pelo contato. E para nós do site é uma imensa alegria ajudar vcs. Estudo de jurisprudência se tornou necessário, fundamental... para qualquer concurso praticamente. No caso do MPE é fundamental. Mesmo que algumas bancas não exijam jurisprudência numa primeira fase, inevitavelmente, no transcurso do concurso será necessário. Se você se mantém em dia com os informativos, 1x na semana talvez seja o suficiente! Mas se você precisa se atualizar e dispõe de tempo, pode ser mais do que isso! Lembre que o Dizer o Direito tem o livro de informativos resumidos e facilita bastante. Abraço !

      Excluir
  6. Excelente postagem.
    Parabéns e obrigado!

    ResponderExcluir
  7. Excelente postagem.
    Parabéns e muito obrigado!

    ResponderExcluir

Sua interação é fundamental para nós!