DICAS PONTUAIS PARA SUA APROVAÇÃO

DICAS E BIBLIOGRAFIA: MAIS DICAS PARA OS CONCURSOS DA ADVOCACIA-GERAL DA UNIÃO (PROCURADOR FEDERAL)

Caros leitores, seguindo o projeto de DICAS E BIBLIOGRAFIA para concursos, hoje trago novas dicas para os Concursos da AGU, mais especificamente dicas para o concurso de PROCURADOR FEDERAL
Pedi para a colega Thalita Motta (https://www.facebook.com/thalita.mot.9) compartilhar com vocês as experiências dela, que culminaram em sua aprovação em 5º Lugar no atual concurso de Procurador Federal organizado pelo CESPE. 
Desde já parabenizo a Thalita pela aprovação no concurso, e lhe dou as boas-vindas na carreira.
Thalita era uma das colegas que citei no post anterior que participou de um grupo no FACEBOOK de onde saímos 6 concurseiros, e hoje somos 6 concursados, o que demonstra a importância do estudo em grupo.


Seguem as dicas da Thalita: 

Olá a todos!

Gostaria primeiramente de agradecer ao Eduardo, meu amigo e pessoa da minha mais alta estima, pela honrosa oportunidade em poder compartilhar neste espaço experiências sobre minha trilha para obter êxito no concurso de Procurador Federal de 2013-2014.
Nunca me considerei uma guru ou uma fera em concursos. Sinto apenas que meu estudo foi resultado de muito amadurecimento ao longo dos anos.
Queria primeiramente desmitificar uma coisa: CESPE não é só jurisprudência! É muita leitura de lei também! A receita para provas da AGU é inteiramente essa: informativos dos últimos 18 meses e domínio de todas as principais leis que vou sugerir pra vocês nessa postagem.
Acho melhor sintetizar tudo por meio de uma tabela:


Matéria
Leis e assuntos que você não pode deixar de ler
Livros ou outros materiais utilizados
Direito Administrativo
9.784/1999, 8.666/1993, 10.520/2002, Decreto-Lei n. 3.365/1941, RDC, Lei n. 11.079/2004, Lei n. 8.429/1992
Como se trata de um concurso para autarquias e fundações públicas, você deve saber sobre tudo relacionado a elas, especialmente assuntos como o poder de polícia. No meu concurso, a lei que dispõe sobre o novo regime de portos estava bem recente, então uma questão dela era certa.
ATENÇÃO! Em nenhuma hipótese, deixe de ler a LC n. 73/1993 (AGU). São dois itens garantidos na prova.
Estudei pelo curso online de Direito Administrativo de Ronny Charles e Fernando Baltar na EBEJI, mas considero que o material também está no livro deles da Juspodivm.

Direito Constitucional
Deve-se ler a CF, com ênfase na parte dos Poderes Executivo, Legislativo, Judiciário, Finanças Públicas e Administração Pública. Controle de constitucionalidade é outro tema que sempre vem, então leia as Leis da ADI/ADC e ADPF.
Livro de Pedro Lenza, apenas para revisar a parte de controle de constitucionalidade.
Direito Financeiro
Basta que saiba as Leis n. 4.320/1964 e Lei Complementar n. 101/2000.
“Direito Financeiro Esquematizado”, de Tathiane Piscitelli.
Direito Econômico
Você deve saber tudo da Ordem Econômica na CF e a Lei do CADE (fundamental).
Acho dispensável qualquer livro. Se tiver tempo, procure algum resumo da matéria ou alguma obra de Leonardo Vizeu (são ótimas).
Direito Tributário
Deve ler todo o CTN, a LEF e a Lei n. 10.522/2002.
Sem dúvidas, “Direito Tributário Esquematizado”, de Ricardo Alexandre
Legislação sobre ensino
Basta saber a CF, LDB e Lei de Cotas
-------
Legislação sobre Seguridade Social
CF e Lei n. 8.213/1991. Acho a Lei n. 8.212 muito complicada para leitura, então não recomendo, e também ela não costuma ser muito cobrada
“Direito Previdenciário”, de Frederico Amado, da Juspodivm, é a obra fundamental para quem quer se dar bem na matéria!
Direito Agrário
CF, LC n. 76/1993 e Lei n. 8.629/1993
Usei o livro de Fabricio Gaspar Rodrigues, da Juspodivm, mas para ter uma noção da evolução jurisprudencial na matéria
Direito Ambiental
CF, Lei n. 6.938/1981, Lei n. 9.985/2000 e Lei Complementar n. 140/2000 são as mais importantes. Ainda assim, teve questões sobre Mata Atlântica e a Lei n. 11.516/2007 também.
Usei o livro “Direito Ambiental”, de Leonardo Garcia e Romeu Thomé (Juspodivm), apenas para revisar princípios.
Direito Civil
Leitura do Código Civil basta
-------
Direito Comercial
Leitura do Código Civil e da Lei n. 9.279/1996 (imprescindível)
Usei o livro de André Luiz Santa Cruz, da Método, para a parte de Propriedade Intelectual apenas.
Direito do Trabalho e Processo do Trabalho
Leitura da CLT e de Súmulas e OJ
Dessa vez, não li nenhum livro, mas se tiver que indicar algum, é, com certeza, algo de Renato Saraiva.
DIP
-------
O livro de Paulo Portella, da Juspodivm, é suficiente. Se você já tiver uma boa base de DIP, pode apenas revisar as tabelas esquemáticas dele ao final.
Direito Penal
CP na Parte Geral, Leis n. 7.492/1986, de Crime Organizado, Lavagem de Dinheiro, Interceptação
CP para Concursos, de Rogério Sanches
Direito Processual Penal
CPP
------
Direito Processual Civil
O CPC todo. Não se pode deixar de dominar leis como da ACP, Ação de Improbidade, MS e tudo sobre Fazenda Pública em Juízo.
------


Toda essa tabela sintetiza como você deve proceder em relação à prova objetiva, com a atenção de que os informativos continuam sendo fundamentais de um modo geral para fins de CESPE e a recomendação de que você os acompanhe no site “Dizer o Direito”.
Como o concurso que prestei teve a fase discursiva no dia seguinte à objetiva, adotei uma estratégia diferente. Eu tinha muita preguiça de ficar escrevendo em um papel em branco em casa ou até mesmo em uma biblioteca, prática esta que considero imprescindível para provas desse tipo. Sempre achei que nos concursos anteriores isso me faltou, não por achar que eu escrevia mal, mas sim porque é uma forma de você treinar o raciocínio.
Em síntese, eu precisa de um lugar e uma pessoa que me forçassem a escrever. Por conta disso, tive a ideia de procurar uma professora de Língua Portuguesa logo quando saiu o edital do concurso. Frequentei a salinha de Ritta Haikal em Manaus,  mestre de várias gerações e um doce de pessoa. Ela já foi advogada há muitos anos, mas gosta mesmo é de Língua Portuguesa, então não mais milita na área há décadas. Eu ia à sala durante duas vezes na semana na parte da noite e levava as questões e peças das últimas rodadas do EBEJI para fazer. Quando terminava, a professora corrigia apenas a parte afeta ao português. Acredito que isso foi preponderante para alcançarr uma nota boa na subjetiva e conseguir centenas de posições no certame. Sinto até saudades de ir lá, porque o ambiente era ótimo e tranquilo.
Bem, essas foram minhas dicas. Procurei escrevê-las da forma mais leve possível. Um abraço e contem comigo em caso de dúvidas!

Thalita Motta
Até breve colegas. 

6 comentários:

  1. Ótimas as dicas da Thalita Motta! Foi de grande ajuda! Será que ela se importa em passar o e-mail de contato dela para (dar uma ajuda) sanar eventuais dúvidas?

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde!! Adorei as dicas da Procuradora Thalita!! Essencial!! Sou da cidade de Manaus e fiquei bastante interessada nas aulas da Prof. Ritta Haikal, fiz uma busca na internet sobre o contato da mesma, mas não obtive êxito. Gostaria de saber, se tem como me ajudar com endereço ou telefone da mencionada mestra? Agradeço! Marinilza Leite e-mail: marileiteadv@hotmail.com

    ResponderExcluir
  3. Ótimas dicas! Porém a planilha da Thalita saiu pela metade. Será que poderíamos ter essa planilha para download?

    ResponderExcluir
  4. Ao colega acima, basta selecionar toda planilha e "colar" no Word. Ela sairá completa para impressão.

    No mais, excelente depoimento. Objetivo e com um apontamento que a cada dia percebo ser mais verdade: Lei "seca" é muito importante na fase objetiva. De nada adianta nos aprofundarmos em grandes Doutrinadores se não soubermos a literalidade da lei.

    ResponderExcluir
  5. Adorei as dicas, mas Thalita e pra prova oral o que você recomenda?

    ResponderExcluir
  6. Dicas úteis e pontuais para a aprovação. O conteúdo do site está sendo de grande utilidade como guia nos estudos para Proc.Federal. Obrigado pela iniciativa!

    ResponderExcluir

Sua interação é fundamental para nós!