Quem passa por aqui, PASSA!

SIGAM NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES, @MEUESQUEMATIZADO e @MEUORGANIZADO.

ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM CLICANDO AQUI.

PARTICIPEM DO NOSSO FÓRUM DE DISCUSSÕES.

LEIAM NOSSO "MANUAL DO CONCURSEIRO"

CURSO ONLINE

CURSO MÉTODO EDUARDO GONÇALVES - METODOERG VÍDEO AULAS + LIVES

O QUE É O CURSO?  Após anos de aprendizado teórico e prático, lançamos o projeto piloto onde repassaremos a nossos alunos tudo que aprend...

COMO ESTUDAR PARA CONCURSOS - MÉTODOS DE REVISÃO - RAFA BRAVO


Olá meu caros!

O assunto de hoje diz respeito a como fazer revisões! Esse tema gera muitas dúvidas na cabeça do concursando e foi objeto de uma live minha no meu perfil @rafaelbravog no dia 31/03. Quem não pode acompanhar a live, que foi bem legal e produtiva, poderá ler agora a parte 1 do seu conteúdo aqui no site do Edu!

Aqui é Rafael Bravo, editor do site do Edu e professor do Curso Clique Juris (www.cursocliquejuris.com.br), onde oriento alunos para os concursos das carreiras jurídicas.

Primeiramente, é importante traçarmos a distinção entre MÉTODO e TÉCNICA de revisão. Não é obrigatório saber essa diferença e nem sempre os professores fazem essa distinção. Contudo, eu gosto de separar esses conceitos, até para fins didáticos.

MÉTODO DE REVISÃO ≠ TÉCNICA DE REVISÃO

Método diz respeito ao intervalo de tempo, ou seja, a periodicidade das revisões (revisão todos os dias, uma vez por semana, uma ver por mês, todo sábado, etc.)
Técnica significa qual meio utilizamos para revisar, qual instrumento iremos fundamentar nossas revisões (leitura de grifos do nosso material, flashcards, questões, dentre outros).

A ideia é tratarmos, no dia de hoje, sobre Métodos de Revisão, ou seja, falarmos sobre a periodicidade da Revisão. Vou separar o assunto em três tópicos, para ficar mais fácil de tratarmos o tema sem perder a objetividade.


1)   Método 24h, 7d, 30d

Pessoal, por esse método, o candidato irá revisar o conteúdo estudado 24 horas depois do estudo, 7 dias depois e 30 dias depois.

Exemplo: Edu estudou no dia 01/03 o assunto Poder Constituinte em Direito Constitucional.
No dia 02/03, ele revisará o que estudou. No dia 08/03, ele revisita o assunto mais uma vez. Por fim, no dia 31/03, ele volta a revisar o tema estudado – Poder Constituinte, que ele estudou pela primeira vez no dia 01/03.

Essa técnica, na verdade, se baseia na curva de esquecimento de Ebbinghaus, cuja imagem segue abaixo:



Hermann Ebbinghaus foi o primeiro autor na psicologia a desenvolver testes de inteligência e traçou essa curva de esquecimento e retenção. Segundo ele, quando lemos e estudamos um conteúdo, conseguimos reter 75 a 80% das informações, mas logo depois começarmos a esquecer. Em 24 horas a 48hs, a retenção decai para 25% aproximadamente.

Portanto, para ele, se fizermos revisões dentro da periodicidade de 24 horas, 1 semana e 1 mês, mantemos o conteúdo da matéria retido na memória, até que ela entre na chamada memória de longo prazo (não vou aprofundar aqui para não perdermos a objetividade pessoal).

Existem variações desse método, como 24h, 7d, 15d e 30d (acrescenta-se uma revisão de 15 dias), ou a revisão de 24h, 15d, 30d, 3m (onde acrescentamos uma revisão de 90 dias).

De fato, várias variações podem ser feitas e pode funcionar de acordo com a cabeça de cada um.

Aqui, como o método é complexo, devo pontuar algumas desvantagens, a meu ver, que vocês devem ter em mente. Elas são duas:

a)   você precisa de muita organização para não se perder no conteúdo que vai revisar, pois com o tempo você terá muito conteúdo esparso para revisar diariamente, na medida que as matérias forem acumulando. Se você não for organizado, vai se perder.

b)   Você precisará de muito tempo para fazer revisões, de modo que, se você estuda 4 horas por dia, seu tempo ficará mais apertado para ler matérias novas, pois metade do tempo ou mais você estará focado em ler revisões do que estudou no dia anterior, na semana anterior e um mês atrás.

Se você variar o método, esses pontos de desvantagem que eu indiquei ainda se agravam! Portanto, cuidado!

2)   Revisão Simples

Esse método eu denomino de simples, pois ele é bem fácil de ser aplicado. A revisão consiste em, todos os dias, você revisar o que estudou no dia anterior, quando leu a mesma matéria.

Exemplo: Bravo estuda Direito Constitucional na segunda e na sexta-feira. Ele leu sobre ADIn no capítulo de controle de constitucionalidade na segunda-feira, dia 06/04. Na sexta-feira, dia 10/04, antes de iniciar a leitura de novo conteúdo de Constitucional, Rafael estudará o que foi lido na segunda, ou seja, no último dia que estudou constitucional.

A vantagem desse método é que ele é simples de ser aplicado, muito tranquilo mesmo, e você não deixa de revisar conteúdo. É claro que outras variações podem ser feitas aqui também, mas é importante você adquirir experiência de estudos primeiro, antes de começar a desenvolver método mais avançado de estudos.

3)   Método 4.2 ou 5.1 e suas variações

Esse método é bem tranquilo de entendermos e ser aplicado.
No 4.2, iremos estudar 4 dias de conteúdo e, depois, reservamos dois dias para revisar esse conteúdo.

Exemplo: Gus estuda de segunda a quinta-feira as disciplinas do seu concurso desejado. Na sexta e no sábado, ele revisa o conteúdo estudado nesses 4 primeiros dias.

No método 5.1, a lógica é você estudar conteúdo novo durante 5 dias, de segunda a sexta, por exemplo, e no sábado fazer uma mega revisão de tudo que foi estudado na semana.

Esse método também é bem interessante e não é difícil de ser aplicado. Você tem que ser organizado e deixar seu material da semana que estudou todo separado, para revisar no fim de semana. Mas não é nenhum esforço extraordinário.

Esse método, como todos os outros, também comporta variações, sendo as mais comuns: 5.2 e 6.1.

Esses são os principais métodos de revisão pessoal! Espero que ajude vocês a se organizarem nos estudos, pois fazer revisão periodicamente é fundamental e é o que vai alavancar a nota na prova!

Por trás de todos os métodos existe um segredo: organização! Se você for organizado, gostar de traçar e seguir um método, ótimo! Eu diria que metade do caminho já foi trilhado!

Vamos em frente meus caros! Sucesso para todos! Não deixem de tomar as precauções devidas nesse período de quarentena! Bons estudos e ótimas revisões!

Qualquer dúvida estou à disposição no site do Clique Juris e nos contatos abaixo.

Abraço a todos e até a próxima!
Rafael Bravo                                                                      Em 02/04/2020.
Instagram com dicas de concurso: @rafaelbravog e @cursocliquejuris
www.cursocliquejuris.com.br
LINKS DO BLOG - CLIQUE E ACESSE

6 comentários:

  1. olha, apesar de complicado, pois de fato exige muita organização, o método 24/7/30 pra mim funciona legal! Consigo com esse método reter mais o conteúdo. Como eu já esgotei a maioria das disciplinas, só estou revisando!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom, Rafael. Eu utilizei esses métodos periódicos para estudar para o cargo de Técnico do TRT, que obtive êxito. A princípio, fiquei com um pouco de receio de o utilizar para estudar para carreira, mas eu vou continuar com o método. Eu só fiz uma pequena adaptação em algo que me incomodava bastante no estudo para técnico: eu percebia que havia dias em que muitas matérias distintas ficavam acumuladas no mesmo dia, e isso me incomodava, pela variedade de informações e pelo tempo exíguo. Atualmente, e estou deixando as revisões apenas para os dias em que estudo a matéria, por exemplo, e Caique estudou hoje (quinta-feira) princípio da administração pública, irá revisá-lo daqui a 7 dias, 5 semanas e 10 semanas, fazendo com que as revisões sempre caiam nas quintas-feiras. Enfim, entendo que talvez seja melhor, mas ainda estou experimentando essa nova adaptação. Fica de sugestão para colegas que também tem a mesma dificuldade de se deparar daqui há um mês, por exemplo, com revisões de 3 ou 4 matérias no mesmo dia. Sucesso a todos nós.

    ResponderExcluir
  3. Excelente post aqui no Blog. Utilizo o método 4.2 e realmente é bem interessante. Tanto este quanto a técnica simples são as que mais acho viáveis para serem utilizadas por quem estuda e trabalha, por otimizar o tempo utilizado.

    ResponderExcluir
  4. Boa noite! O q acha de revisar o conteúdo a partir de questões?

    ResponderExcluir
  5. boa noite! qual método você utilizou?

    ResponderExcluir

Sua interação é fundamental para nós!

GOSTOU DO SITE? ENTÃO NÃO DEIXE DE NOS SEGUIR NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES, @MEUESQUEMATIZADO E @MEUORGANIZADO. ALÉM DISSO, ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM.

NÃO DEIXE DE LER!