Quem passa por aqui, PASSA!

SIGAM NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES, @MEUESQUEMATIZADO e @MEUORGANIZADO.

ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM CLICANDO AQUI.

PARTICIPEM DO NOSSO FÓRUM DE DISCUSSÕES.

LEIAM NOSSO "MANUAL DO CONCURSEIRO"

OPORTUNIDADE ÚNICA - WORKSHOP EM CURITIBA - PASSO A PASSO PARA A APROVAÇÃO NO MPE

CURSO PRESENCIAL (WORKSHOP) - PASSO A PASSO DA APROVAÇÃO NA CARREIRA DO MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL

Olá meus amigos,  Faremos um WORKSHOP  em CURITIBA , dia 25/01/2020 , com o tema PASSO A PASSO para a aprovação em concursos do MINIST...

FAZENDO PROVAS - COMO MANTER O FOCO E LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA


Olá pessoal!
Aqui é Rafael Bravo, editor do site do Edu e professor do Curso Clique Juris, onde trabalho com orientação e metodologia de estudos!

E falando em estudos, como anda a rotina de vocês?

O texto de hoje é na verdade um alerta para vocês que estudam para concursos e fazem várias provas por ano. Nada contra seguir essa estratégia, até porque eu também fazia assim: os concursos interessantes que abriam eu me inscrevia, até para conseguir bagagem, experiência, tempo de prova, sentado na cadeira por várias horas e concentrado para responder 80, 100, 200 questões.

Primeiro, respondendo a uma dúvida que muitos me perguntam e que acho que pode ser um ponto inicial que deve ser esclarecido: estudar e fazer mais de uma prova não significa perder o foco. Eu, particularmente (sim, essa é minha opinião pessoal e você pode seguir outro método), acredito que você pode manter-se focado em estudar para o cargo de Promotor de Justiça e, se abrir um concurso nesse meio do caminho, fazer prova para Defensoria, Magistratura, PGE/PGM, dentre outros.

O importante é a matéria pessoal! Cai Constitucional? Administrativo? Civil? Processo Civil? Penal? Então se você já está estudando essas matérias, por qual motivo não fazer a prova?

Uma estratégia é manter seus estudos e fazer prova! Agora, ausência de estratégia é você a todo momento perder foco, mudar sua rotina e matérias para um determinado edital.

Exemplo 1: João estuda para o MP, mas depois do concurso do MP/SP ele parou de estudar as disciplinas do MP para focar no edital da PGM de Valinhos ou para o cargo de analista do TJ/SP. Parou de estudar penal, processo penal, tutela coletiva, ECA, e agora só estuda Constitucional, Administrativo, Português, Informática e está lendo Regimento Interno do TJ e leis específicas do município de Valinhos/SP.

Esse exemplo é a perda de foco pessoal! O estudo deve ser sempre focado no MP, se for o cargo desejado. Vamos sempre continuar estudando as matérias básicas, principais, que são cobradas em diversos concursos da área jurídica (Penal, Constitucional, Administrativo, Civil, Processo, dentre outras pertinentes para a carreira que deseja ingressar).

Você faz as provas que surgirem com a bagagem que você adquirir, ok? Nada de ficar mudando sua rotina a todo momento, trocando matérias, deixando disciplinas de lado, revisando outras matérias quando você nem terminou de ler o seu material uma primeira vez, para então começar a revisar! Mais vale seu caderno de Constitucional lido de capa a capa do que a todo momento você ler 30% apenas e retornar para revisar.

Rafael, mas e a parte específica de determinada prova? Se cair Português? Se cair raciocínio lógico?

A minha dica é: estude fazendo questões, mas não pare sua vida para estudar essas matérias, deixando de lado a parte do Direito, a parte que você se formou na faculdade e se preparou durante 5 anos para isso, para enfrentar os concursos. Ok, podemos até tirar um dia de manhã para estudar um pouco de português e fazer questões, mas 70% a 80% do seu tempo deve continuar estudando focado para o concurso que deseja.

E ainda, recomendo que estude essa parte específica apenas faltando algumas semanas para a prova! Quando a prova passar, volte para a dedicação exclusiva para o concurso que deseja.

Exemplo 2: Jonas estuda para o MP, mas decide fazer a prova da PGM de Valinhos, que é perto da sua cidade natal. Ele continua estudando as matérias do MP, inclusive penal, mas está dando mais ênfase nesse mês e meio que antecede a prova em Constitucional e Administrativo, que são as que possuem mais peso na PGM. Ainda, ele separou duas semanas antes da prova para, durante dois dias na semana, ler a legislação específica de Valinhos, só para não ir para a prova sem ler nada.

No exemplo dois, acredito que Jonas pode chegar ao sucesso! Ele pode até reprovar na PGM, mas ele estará estudando mesmo para o MP e na próxima prova ele pode passar para promotoria.

E outro ponto que gostaria de destacar para vocês: se forem fazer uma prova dessas, leiam a legislação específica!

Turma, não estou dizendo para ficar um mês lendo só legislação específica, mas reserva parte do seu tempo, quando estiver próximo da prova, para ler a lei local! A legislação local, que muitas vezes é desprezada pelos candidatos, pode ser o chamado “jump of the cat” (traduzindo de forma correta, seria “cat leap” rsrs), conhecido como “pulo do gato” (rsrs) para acertar aquela questão que vai te levar para a próxima etapa, para a 2ª fase! Quem já ficou por uma ou duas questões na prova objetiva sabe do que estou falando!

Então, separe um ou dois dias na sua semana, faltando duas ou três semanas para a prova (o tempo pode variar de acordo com o edital e seu conteúdo programático) para ler legislação local que você acredita que possui grande chance de ser cobrado. O resto do tempo é para continuar estudando e mantendo sua rotina de estudos, focando em ler e revisar Constitucional, Administrativo, Penal, Processo, Civil, dentre outros.

Espero que esse insight ou estratégia ajude vocês a alcançar a sonhada aprovação! Qualquer dúvida estarei nas minhas redes sociais tirando dúvidas. Fiquem à vontade para enviar e-mail, caso prefiram!

Foco! Continuem estudando e fazendo o melhor de vocês! Todo sacrifício será recompensado!

Se vocês sentirem uma melhora aplicando essa metodologia na preparação de vocês, mandem depois um e-mail me contando a experiência!

Abs a todos e até a próxima!
Rafael Bravo                                                                      Em 01/10/19.
instagram com dicas de concurso: @rafaelbravog
www.cursocliquejuris.com.br


2 comentários:

  1. Nossa!

    Era exatamente o que eu precisava ler nesta manhã!

    Estou me preparando para PGEs e em breve terei Prefeitura de um município de Santa Catarina. Muita legislação local, fatos regionais.

    Já estava me culpando por não me dedicar exclusivamente para ele. hahaha

    Obrigada!

    Conteúdo sempre ótimo.

    ResponderExcluir
  2. Ótimo!! Estudo para Defensorias e abriu TJ/RJ. Foco diferente. Mas vamos em frente!!!!!! OBRIGADA.

    ResponderExcluir

Sua interação é fundamental para nós!

GOSTOU DO SITE? ENTÃO NÃO DEIXE DE NOS SEGUIR NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES, @MEUESQUEMATIZADO E @MEUORGANIZADO. ALÉM DISSO, ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM.

NÃO DEIXE DE LER!