Quem passa diariamente por aqui, PASSA!

SAIU EDITAL - DPE-PE 2017 - COMENTÁRIOS E DICAS

Olá Pessoal,
Aqui é Rafael Bravo, Defensor Público, editor do site do Edu e professor do CCJ (www.cursocliquejuris.com.br).
Estou escrevendo hoje para vocês para divulgar uma notícia importante para todos! Saiu o edital da DPE-PE!! 50 vagas e muita oportunidade para alcançar a aprovação.
Para aqueles que desejam focar nesse certame, não esqueçam de ver o edital esquematizado, preparado por mim, Eduardo Gonçalves e Marco Dominoni.
Também se encontra disponível no site do CCJ a pré-venda do estudo direcionado pós-edital, chamado de Passo-a-Passo DPE-PE, além da turma de coaching – Reta Final, para dar mais objetividade nos estudos!
Queria trazer para vocês algumas informações interessantes sobre o nosso concurso, até para que vocês possam adiantar a preparação e sair na frente nos estudos!
A prova objetiva esta prevista para 28 de janeiro de 2018, ou seja, temos bastante tempo para estudar!!
A prova dissertativa ocorrerá no dia 18 de março de 2018. Isso é excelente pois teremos tempo para estudar para a segunda fase, já que as estapas ocorrerão em períodos distintos e não no mesmo fim de semana.
A inscrição esta no valor de R$ 270,00 (pequena facada rsrs)!
O edital nº 01-DPE/PE prevê o provimento de 50 vagas no total (48 para ampla concorrência e 02 vagas para reservada para candidatos com deficiência). Seguramente, aqueles que passarem no certame têm grande chance de ser nomeado, pois a carência é grande e a vontade da Instituição é a de prover o maior número de cargos! Os concursos da Defensoria possuem essa tradição e em muitas vezes ainda é formado um cadastro de reserva, pois pode ocorrer vacância de cargos durante a validade do concurso (candidatos aprovados em outras Defensorias ou em outro concurso no estado de origem, etc).
O concurso é composto primordialmente por 3 fases: prova objetiva, provas discursivas e prova oral. A fase de inscrição definitiva no concurso é meramente eliminatória, ou seja, o candidato deve comprovar que preenche os requisitos para posse no cargo, como por exemplo os 3 anos de atividade jurídica, sendo que um ponto importante: Aqui o estágio anterior ao bacharelado em Direito conta!! Se você fez dois anos de estágio obrigatório da faculdade esse tempo será computado!!
Outra fase seria a avaliação de títulos, que é meramente classificatório.
Por isso destacamos que na verdade temos 3 fases bem importantes, que são as que cobram conhecimento jurídico do candidato (prova objetiva, discursivas e prova oral)

Vamos às fases mais importantes do concurso:

Prova/Tipo
Área de Conhecimento
Nº de Questões





Prova Objetiva  (P1)
Peso 2
Direito Constitucional
Direito Civil
Direito Processual Civil
Direito do Consumidor
Direito Penal
Direito Processual Penal
Direito das Execuções Penais
Direito da Infância e Juventude
Direito Tributário
Direito Administrativo
Direitos Humanos
Direito Institucional






100






Prova Discursiva (P2)
Peso 5
Direito Administrativo
Direito Civil
Direito Constitucional
Direito da Infância e da Juventude Direito do Consumidor
Direitos Humanos
Direito Penal
Direito Processual Civil
Direito Processual Penal




2 questões discursivas
Direito Civil
Direito Constitucional
Direito Penal
Direito Processual Civil
Direito Processual Penal

1 peça prática



Prova Oral (P3)
Peso 2

Grupo I: Direito Civil Direito Processual Civil
Grupo II: Direito Penal Direito Processual Penal


Reparem que temos 12 disciplinas na 1ª fase.
As mesmas disciplinas, entretanto, se mantêm na 2ª fase, podendo inclusive, uma das questões, envolver mais de uma disciplina (Ex: Consumidor, Civil e Processo Civil).
Na prova oral, teremos como disciplinas cobradas apenas Penal e Processo Penal e Civil e Processo Civil, ou seja, poucas disciplinas para estudar nessa fase!
A última prova da DPE/PE, que foi aplicada em 2015, tinha como configuração aproximada as disciplinas e questões a seguir:
Disciplinas
Prova 2015
(150 questões)

Direito Constitucional

Direito Civil

Direito Processual Civil

Direito do Consumidor

Direito Penal

Direito Processual Penal

Direito das Execuções Penais

Direito da Infância e Juventude

Direito Tributário

Direito Administrativo

Direitos Humanos

Direito Institucional

Direito Empresarial

Direito Previdenciário

Direito do Idoso

Direitos Difusos e Coletivos

Direito Agrário

12 questões

16 questões

14 questões

10 questões

16 questões

14 questões

        ---------

10 questões

         ---------

10 questões

12 questões

6 questões

8 questões

5 questões

5 questões

10 questões

2 questões

Reparem que as últimas disciplinas do quadro não possuem previsão em edital.
Na prova de 2015 tínhamos como disciplinas o Direito Empresarial, com um número significativo de questões, por exemplo. O mesmo ocorreu com Direito do Idoso e Previdenciário.

A prova de 2015 foi elaborada com 150 questões (certo e errado) enquanto que o novo concurso prevê que a prova será composta por 100 questões.
Agora a prova contará com apenas 100 questões, mas com 5 opções para o candidato escolher (A, B, C, D e E), o que torna a prova mais extensa! O candidato deve sempre prestar muita atenção no tempo para responder e passar tudo para o cartão resposta.
O nosso edital já nos informa a quantidade de questões que a prova do III Concurso contém e sua divisão entre as disciplinas:
PROVA
DISCIPLINA JURÍDICA
QUESTÕES


Primeira Fase Prova Objetiva (P1 )


Direito Administrativo
5 questões
Direito Civil
10 questões
Direito Constitucional
10 questões
Direito da Infância e Juventude
10 questões
Direito das Execuções Penais
5 questões
Direito do Consumidor
10 questões
Direito Institucional
5 questões
Direitos Humanos
10 questões
Direito Penal
10 questões
Direito Processual Civil
10 questões
Direito Processual Penal
10 questões
Direito Tributário
5 questões

Esse detalhe do edital, que nos diz a quantidade de questões é muito importante!! Já nos ajuda a saber o peso de cada matéria e onde temos que focar nossos estudos, sem nos descuidar das outras disciplinas, é claro!
Caros, para quem leu até aqui fiquem atentos a mais uma dica importante: Direitos Humanos esta enorme!! Conteúdo programático ficou bem extenso e temos que tomar cuidado com isso, ok?
Para quem achava que não ia cair criminologia, o estudo da disciplina esta inserido dentro do Direito Penal! No edital esquematizado e no PAP eu indico bibliografia! vejam o ponto 33 e seguintes:
"33 Processo de criminalização. Criminalização primária e secundária. Vitimologia e vitimização. Polícia e Sistema Penal. Policização e militarização. 34 Prisionização e relações de poder penitenciárias. A prisão na sociedade moderna. Prisão e capitalismo. Foucault e a questão prisional. 35 Escola clássica. Positivismo criminológico. O positivismo criminológico no Brasil. 36 A Escola de Chicago. Teoria da Associação Diferencial. Teoria da anomia. Funcionalismo na criminologia. Teoria da subcultura delinquente. 37 Teorias da reação social. Labelling Approach. 38 Criminologia crítica. Minimalismo e Garantismo Penal. Marxismo e a questão criminal. O realismo criminológico de esquerda. A esquerda punitiva. 39 Abolicionismo penal. Vertentes do abolicionismo penal. 40 Modernas tendências do pensamento criminológico e de política criminal. A privatização do controle penal. Direito penal simbólico. Movimento de Lei e Ordem. Tolerância zero. Autoritarismo e sistema penal. 41 Mídia e sistema penal. Análises criminológicas concretas. Racismo e sistema penal. Gênero e sistema penal." 

Vamos em frente!
Qualquer dúvida contem comigo!
Rafael Bravo
@rafaelbravog
rafaelbravo.coaching@gmail.com

2 comentários:

  1. Estudo para Promotoria e este é meu sonho. Mas gostaria de tentar este concurso pq é vizinho ao meu estado e dará um conforto necessário. Como conciliar os estudos?

    ResponderExcluir
  2. É uma boa chance! Espero muitas dicas aqui no site!

    ResponderExcluir

Sua interação é fundamental para nós!