DICAS PONTUAIS PARA SUA APROVAÇÃO

O QUE É SER ADVOGADO DA UNIÃO? MINHA ROTINA E MAIS ALGUMAS INFORMAÇÕES SOBRE A CARREIRA

É meus caros, estava devendo uma postagem para vocês sobre o que é ser Advogado da União, o que faço ou poderia fazer. 
Primeiro, não esperem imparcialidade, pois gosto demais da AGU, o que interferirá no relato. Vamos a ela. 

Inicialmente, gostaria de deixar claro a vocês que a AGU é composta por 4 carreiras, com igual remuneração, embora estruturas e lotações um pouco diversas. Eu sou Advogado da União (e não Procurador Federal, do BACEN, PFN ou o Advogado-Geral da União). 

Quando passei no concurso me surgiram duas opções: ir para Brasília (onde 90% dos colegas do meu concurso estão) ou escolher um Estado do Norte/Cuiabá como lotação. 
Escolhi Cuiabá! Felizmente fui presenteado, na véspera da viagem, com uma vaga em Campo Grande. Essa vaga surgiu em virtude de uma desistência do colega que estava removido para CG. Foi um milagre, pois a capital sul-mato-grossense é ótima, e relativamente concorrida.

E porque escolhi vir para um Estado (Mato Grosso ou Mato Grosso do Sul)? R= Mato Grosso do Sul, para ficar perto de casa. Mato Grosso, por ser unidade de difícil provimento, o que me daria preferência na remoção após 3 anos. 

E quais são as vantagens de Brasília? R trabalhar onde quiser (qualquer Ministério ou junto a qualquer Tribunal Superior). Se eu estivesse ido para Brasília estaria trabalhando junto ao STF, EM INÍCIO DE CARREIRA. ISSO MESMO. ACREDITEM. 


Não me arrependo da minha decisão. Campo Grande e ótima. Os colegas excelentes (OBS- não esperem por vaga em CG no próximo concurso rsrs)! 

Quando cheguei fui distribuído para o grupo residual, ou seja, defendia a União em todas as ações, salvo as trabalhistas e a do JEF. A grande maioria das ações são de medicamentos, militares, gratificações de servidores, direitos indígenas e anulação de atos administrativos em geral. 

Eu adorava. Ser parte, ter a emoção do processo, de ganhar e perder é muito legal! Acompanhar um agravo, despachar com o juiz, e conseguir suspender uma liminar é muito gratificante. 

Fiquei menos de um ano no grupo residual, e após foi redistribuído para o Grupo Proativo de combate a corrupção e defesa do patrimônio público. 

Hoje, faço só propositura de ações, em sua grande maioria de ressarcimento ao Erário ou de improbidade, trabalho em ações civis públicas e em créditos rurais securitizados. Ou seja, faço o que sempre quis fazer: defesa da probidade administrativa e do patrimônio público. E aqui, conseguir uma indisponibilidade de bens de alguém que lesou o Erário é sensacional! 

Volume de trabalho? Em regra é bastante coisa. Algumas semanas mais complicadas, outras mais tranquilas, mas não pense que terá vida fácil. O trabalho é intenso, assim como as demais carreiras jurídicas. Mas os resultados são gratificantes...

Promoção? O bom da AGU é que para ser promovido não precisa ser removido. A carreira de Advogado da União é a melhor em termos de promoção quando comparada com as demais da AGU. Eu, p.ex. fui promovido com 15 dias de exercício (dei sorte, e que sorte). 

Remuneração? Um pouco inferior que as carreiras das Procuradorias Estaduais. Fato. 

Lotação Inicial? Capitais do Norte, interior do RS (se tiver sorte) ou Brasília (quem quer Brasilia, consegue). Ponto ruim: os Advogados da União estão apenas em grandes cidades, sendo uma carreira muito pouco interiorizada. 

Remoção? Para o sul (salvo interior de fronteira do RS), sudeste e nordeste demora muitoooooo tempo (salvo para quem vai para o Norte, que é UDP e terá preferência na remoção e poderá conseguir com mais rapidez Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro ou Recife). Lado bom: não é ruim morar em BSB ganhando bem, certo? Se você for cearense, desista de morar em Fortaleza.

Onde trabalhar? Os Advogados da União trabalham, basicamente, na área contenciosa ou consultiva. No consultivo prestamos assessoria ao Poder Executivo, e estamos em todos os Estados e Ministérios. Acreditem há colegas que trabalham e despacham diretamente com o Ministro. 
No contenciosos, há Procuradorias em todos os Estados e junto a todos os Tribunais. 

Estrutura? Infelizmente, não temos uma carreira de apoio. Esse é o único ponto negativo. Em Campo Grande, daqui a 15 dias, estaremos em um prédio novinho, na melhor localização da Cidade. 

Perspectivas de crescimento? A AGU é a carreira jurídica com a maior chance de crescimento (PEC 32, Honorários e Advocacia Privada).

Enfim, na AGU vocês podem ser e fazer o que quiserem. Trabalhar no Ministério da Saúde, Educação, Justiça, Itamaraty, ABIN.... OU defender a União junto ao STF, STJ, TST, TRF, Justiça Federal, etc.  
Se quer ocupar cargo relevante no Poder Executivo, tenha a certeza, a AGU é uma das carreiras que servirá de atalho a esse fim. 

Abraço meus caros. Qualquer dúvida, estou a disposição. 

Eduardo.

10 comentários:

  1. Mas você mudou de idéia quanto à carreira? Vi que está prestando MP...comentou que fez a prova do mp pr??

    ResponderExcluir
  2. Excelente esclarecimentos. Somente demonstram o quanto eu quero atuar como Advogado da União. Sei que a jornada é longa, mas com todo o apoio e ajuda que esse blog nos proporciona, já nos dá um norte para o que fazer e que passos seguir!
    Parabéns Eduardo e equipe.
    obs: Onde falo de concurso com alguém recomendo o blog. kkkkk

    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Olá Eduardo!!! Adorei o depoimento!!!
    Gostaria de tirar uma dúvida com você. Adoro o blog e sempre te acompanho.
    Eu quero contratar o coach de vcs logo logo, mas ainda não tenho verba ($$$).

    O blog me ajudou muito, principalmente com as dicas de bibliografia.

    Vou resumir: fui uma aluna mediana na faculdade. Me formei em 2012 e decidi prestar concurso público. A princípio meu foco era defensoria estadual pois tenho mais facilidade em matérias como eca, consumidor, penal, processo penal etc.

    Mas ainda tenho muitas dúvidas. Ano que vem sairá PGE MT, no meu estado, carreira excelente e quero muito fazer...mas o foco seria totalmente diferente. Por exemplo: não sei nada de tributário....mas já li 1/3 do livro do Ricardo Alexandre.

    Vc acha que seria possível conciliar? Conheço pessoas que conseguiram e foram aprovadas tanto em PGE como em DPE...mas são pessoas que possuem uma boa base, fizeram uma ótima faculdade, o que não é o meu caso (mas sou esforçada e já li metade de cada doutrina: ex pedro lenza, daniel assunção).

    Obrigada.

    Renata

    ResponderExcluir
  4. Que depoimento belo e motivador!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Obrigado Edu! Estávamos esperando essa postagem

    ResponderExcluir
  6. Motivador!
    Eu vou conseguir!

    ResponderExcluir
  7. Adorei o post!!!!Mais que esclarecedor, inspirador!!!Obrigada!!!

    ResponderExcluir
  8. Olá Eduardo tudo bem?
    No texto você fala sobre ser lotado no Itamaraty.
    Sou apaixonado pela área de Direito Internacional e gostaria de saber, como fazer para conseguir trabalhar na instituição sendo Advogado/Procurador ?

    ResponderExcluir
  9. Parabéns pelo cargo, pelo depoimento e pelo blog.
    Realmente o que me move é ler depoimentos como o teu !!!

    ResponderExcluir

Sua interação é fundamental para nós!