Quem passa por aqui, PASSA!

SIGAM NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES, @MEUESQUEMATIZADO e @MEUORGANIZADO.

ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM CLICANDO AQUI.

PARTICIPEM DO NOSSO FÓRUM DE DISCUSSÕES.

LEIAM NOSSO "MANUAL DO CONCURSEIRO"

OPORTUNIDADE ÚNICA - WORKSHOP EM CURITIBA - PASSO A PASSO PARA A APROVAÇÃO NO MPE

CURSO PRESENCIAL (WORKSHOP) - PASSO A PASSO DA APROVAÇÃO NA CARREIRA DO MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL

Olá meus amigos,  Faremos um WORKSHOP  em CURITIBA , dia 25/01/2020 , com o tema PASSO A PASSO para a aprovação em concursos do MINIST...

ENTREVISTA ATUALIZADA - MINHA CAMINHADA ATÉ A APROVAÇÃO

Olá pessoal, segue entrevista publicada no blog da concurseira dedicada (embora já esteja um pouco desatualizada):

Depoimento do Aprovado - Eduardo Gonçalves (Procurador da República). 

Sabe aquelas perguntas que você estava doido para fazer aos concurseiros aprovados??

A Concurseira Dedicada faz por você!!

Nosso entrevistado da semana é Eduardo Gonçalves, Procurador da República e aprovado em diversos concursos.

1- Nome
Eduardo Rodrigues Gonçalves

2- Cargo em que foi aprovado
Advogado da União, concurso de 2012, ano em que conclui a Faculdade de Direito. Fiquei em 5º Lugar.
Após, aprovado para promotor do MPPR e Procurador da República. 
3- Já havia sido aprovado anteriormente? Em que concurso?
Sim, nos seguintes:
Técnico Judiciário do Estado do Paraná (2009- 2º ano da Faculdade). 2º Lugar.
Analista Processual- MPU (2010- 3º ano da Faculdade). 6º Lugar no Estado do Paraná.
Procurador do Estado do Paraná (2011- 4º ano da Faculdade). 5º Lugar.
Não consegui tomar posse nos dois últimos, posto que são cargos exclusivos de bacharel em direito.

4- Quanto tempo demorou a ser nomeado?
Menos de 4 meses após o término do concurso, e a conclusão do curso de direito. Após, cumpri os 3 anos de atividade jurídica na AGU e, na sequência, fui nomeado no MPF. 

5- O que sentiu ao saber da aprovação?
A melhor sensação do mundo, fiquei muito feliz. Foi uma das maiores realizações da minha vida e a sensação de dever cumprido. Ser aprovado mudou minha vida para melhor. 

6- Pretende continuar estudando para concursos? Para qual cargo?
Na época em que a entrevista foi dada a resposta era sim, pois estava na AGU e visava ao MPF. Atualmente não, pois já cheguei no MPF que era o concurso dos meus sonhos. 

7- Há quanto tempo estudava para concursos?
Desde o 2º ano da Faculdade.

8- Quantas horas por dia dedicava aos estudos?
Em média 6. Na época do concurso de AGU passava de 10. Para a oral do MPF passei de 10h também, pois queria muito passar. 

9- Tinha dedicação exclusiva?
Estagiei até o 4º ano da Faculdade, e no 5º só estudei.
Embora aprovado em concurso para técnico, optei por não tomar posse para ter mais tempo livre para os estudos.
No estudo para o MPF, já estava na AGU, o trabalho não era muito. Então conseguia trabalhar 4h, estudar pelo menos 08h diárias. 

10- Fez planejamento de estudos?
Sim, planejei tudo, inclusive o tema do Trabalho de Conclusão de Curso. Fiz o tema coincidir com um tema importante para a prova da AGU.

11- Estudava quantas matérias por dia?
Em média 4, duas horas por matéria.

12- Fez cursinho? Online ou Presencial?
Não. Só para a 2ª fase da AGU. Fiz algumas isoladas para o MPF (matérias federais, especialmente). 

13- Fazia turma intensiva ou regular?
Não.

14- Estudava por mapas mentais ou resumos? Eram elaborados por você?
Não. Meu método é de revisões periódicas. Não faço resumos, só uso grifa-texto.

15- Qual foi sua maior dificuldade durante o período de preparação?
Falta de tempo, pois tinha muitas obrigações acadêmicas. Aula no período noturno e inclusive aos sábados. Minha faculdade não era na cidade em que morava. Saia de casa às 18:00h, e chegava às 00:30 horas todos os dias, o que era bastante cansativo.

16- Passou por períodos de desânimo? Se sim, o que fazia para retomar os estudos?
Não. Sempre acreditei na aprovação.

17- Chegou a pensar em desistir?
Jamais.

18- Tinha o apoio de sua família e amigos?
Muito. Em especial de meus pais e namorada (atual esposa). 

19- Costumava sair aos finais de semana?
Sim. Embora tenha aberto mão de vários finais de semana também. A regra era estudar, mas alguns saia sim. 

20- Praticava exercícios físicos?
Não sobrava tempo, estudada pela manhã/tarde, e pela noite tinha aulas na faculdade. Hoje, pratico musculação, tenis e squash. 

21- Usava as mídias sociais no período pós edital?
Sim. Muito. Formei, com outros colegas, um grupo no facebook que fui fundamental para a aprovação. Para o MPF usava grupos do WhatsApp.

22- O que costumava fazer no dia anterior à prova?
Estudar as matérias que me davam segurança. Ex: princípios de interpretação constitucional.

23- Arrepende-se de algo que fez ou deixou de fazer durante sua preparação?
Não.

24- Deixe um recado aos concurseiros.
Comece a estudar o mais cedo possível, com foco e determinação, sempre acreditando que é capaz. 

Agradeço a Concurseira Dedicada pelo espaço em seu blog. 

Bom restinho de domingo pessoal. 

Eduardo, em 18/05/2014, atualizado em 28/09/2019
No Instagram: @eduardorgoncalves
Autor: Manual do Concurseiro - disponível para baixar aqui no site. 

0 comentários:

Postar um comentário

Sua interação é fundamental para nós!

GOSTOU DO SITE? ENTÃO NÃO DEIXE DE NOS SEGUIR NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES, @MEUESQUEMATIZADO E @MEUORGANIZADO. ALÉM DISSO, ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM.

NÃO DEIXE DE LER!