Quem passa diariamente por aqui, PASSA!

O ATÍPICO EDITAL DE ANALISTA DO TRF 1- O QUE FAZER?

Olá meus amigos, bom dia! 

Hoje vou falar com vocês sobre o atípico edital de analista do TRF1, analista, que está cobrando muitos temas que EM NADA, ABSOLUTAMENTE NADA, SE RELACIONAM COM A SEARA FEDERAL. 

A prova do TRF1/2017 terá a seguinte composição: 
• Conhecimentos Gerais (50 itens): Língua Portuguesa, Ética no serviço Público, Legislação Específica, Direito das Pessoas com Deficiência, Raciocínio Analítico e Lógico, Atualidades. 

• Conhecimentos específicos (70 itens): Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Penal, Direito Processual Penal. 
Prova de conhecimentos gerais - normal, cobra-se o mesmo que os demais concursos. Concursandos: foco em regimento interno, pois possivelmente teremos mais de 05 itens aqui. Leituras mais próximas a prova ajudam muito. 

Conhecimentos específicos - prova normal em direito constitucional, direito administrativo, direito processual civil (embora um pouco desatualizado o edital) e direito processual penal. 

A questão que tem pego muita gente: DIREITO CIVIL e os seguintes temas: 
1- Cobra-se todos os contratos- chances pequenas de cair na prova. Estudaria no máximo compra e venda, depósito, fiança e mandato, que são os mais comuns no dia a dia forense. 
2- Cobram-se muitos direitos reais em espécie. Eu estudaria, do seguinte modo:
a-  Superfície- saber o conceito e ler os artigos.
b- Servidões- saber o conceito e ler os artigos. Distinguir da servidão administrativa e da ambiental.
c- Usufruto- saber o conceito e ler os artigos.
d- Uso- saber o conceito e ler os artigos.
e- Habitação- Saber o conceito e ler os artigos.
6- Direito do promitente comprador- saber o conceito e ler os artigos.
f- Direitos Reais de Garantia- tema importante. Distinga e saiba conceituar cada um dos direitos reais. Casos especiais de hipoteca sobre bens móveis. Leitura dos artigos.

3- Cobra-se direito de família- eu, no máximo, leria o CC e saberia os principais julgados do STF (como família homoafetiva, sucessão da companheira etc). 

4- Cobra-se direito de sucessões- eu estudaria no máximo o CC seco, com os julgados respectivos.

5- Cobra-se estatuto do idoso- eu sequer leria. 

6- Cobra-se ECA- eu leria no máximo o ECA seco, sabendo os julgados (direito a benefício previdenciário do menor sob guarda, por exemplo). Focaria ainda em adoção internacional e no crime de pedofilia na internet. 

7- Cobra-se atos unilaterais, títulos de créditos no Código Civil, e garantias e privilégios- não estudaria (apenas saberia os princípios gerais dos títulos de crédito). 

Também DIREITO PENAL tem muita coisa desnecessária: 
1- Cobram-se muitos crimes estaduais - dispensaria de plano os crimes contra a dignidade sexual (atenção para tráfico de pessoas - art. 149-A e pedofilia na internet, entretanto), contra os sentimentos religiosos e dos mortos, contra a família e contra a incolumidade pública. Dispensaria ainda crimes de trânsito, estatuto do desarmamento (só veria o tráfico internacional), violência doméstica (basta saber os julgados), crimes contra os idosos e crimes do ECA (saber só pedofilia na internet). 

Tirando os temas que citei acima, o edital de penal se torna normal e comum aos demais TRFs. 
Esses temas podem vir para a prova? R= Óbvio que podem, pois estão no edital, mas as chances são pequenas de forma que em um estudo estratégia compensa deixa-los sem estudar. 

Espero ter ajudado a aliviar alguns temas do seu edital! 

Para te guiar nessa fase do concurso, recomendamos o e-book de nossa autoria, disponível AQUI

Bons estudos e bom domingo a todos. 

Eduardo, em 10/09/2017
No IG: @eduardorgoncalves

9 comentários:

  1. Dr. Eduardo. Estou sem tempo agora. Da para passar só estudando com a lei seca?
    Obs: Estudei doutrina de janeiro a agosto.

    ResponderExcluir
  2. Oi, vc não vai fazer um reta final AJAJ para o TRF1?

    ResponderExcluir
  3. Finalmente alguém comentando sobre as bizarrices desse edital!!!
    Obrigada pelas dicas, Eduardo. Espero que esse edital (idêntico ao do TJDFT na parte de conhecimentos específicos) seja retificado nos próximos dias. Se não for, vou seguir suas dicas.
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  4. Professor, o edital esquematizado está de acordo com o edital novo? Haverá alguma atualização, caso não esteja?

    ResponderExcluir
  5. Posso adotar a mesma estratégia para TJs? No caso direito civil p ajaj. Me surpreendi quando vi edital tj, achei bem extenso os conteúdos.

    ResponderExcluir
  6. Esse edital está bizarro! Obrigado pelas dicas.

    ResponderExcluir
  7. Não tem chance de ser alterado o edital? Caso seja, com a nova publicação, será necessário adiar a prova ou a data seria mantida?

    ResponderExcluir
  8. A parte de CRIMES para TJAA é tudo sobre crimes?? Crimes contra a adm. pública, concurso de crimes.. etc? Está muito vago, algúem sabe dizer??

    ResponderExcluir

Sua interação é fundamental para nós!