Quem passa diariamente por aqui, PASSA!

DÚVIDA DE CONCURSEIRO: PARA PASSAR EM CONCURSO DE PROCURADORIA BASTA SABER FAZENDA PÚBLICA EM JUÍZO?

Olá amigos, bom dia. 

Hoje, vou inaugurar uma nova seção aqui no site a #DÚVIDADECONCURSEIRO

Vou trazer aqui as principais dúvidas que eu recebo nas mensagens privadas no site, ou seja, o que vocês me perguntam. Obviamente, que não vou trazer todas as dúvidas, mas sim e tão somente as mais recorrentes (as demais eu continuo respondendo, como sempre, no privado). 

Vamos a primeira dúvida: PARA PASSAR EM CONCURSO, TENHO QUE SER DE ESQUERDA? R= kkkkkkkkkkkkk, acreditem, isso já me foi perguntado (e mais de uma vez).  

Outra pérola: Sou autor de uma ação judicial no polo ativo (ou seja, fui postular em juízo o meu direito), serei reprovado na investigação de vida pregressa? 

Mas falando sério agora, compartilhar aqui as dúvidas permite que socializemos o conhecimento. Vamos começar de verdade agora: PARA PASSAR EM PROCURADORIAS, BASTA ESTUDAR PROCESSO CIVIL POR FAZENDA PÚBLICA EM JUÍZO? 

A resposta é INFELIZMENTE NÃO, NÃO É SUFICIENTE

Inicialmente, lembro a vocês que Processo Civil ocupa cerca de 15/25% da prova de procuradorias (algo em torno de 15 a 25 questões). Desse tanto, digo que 1/3 a 1/2 decorrem de Fazenda Pública em Juízo (nunca vi uma prova de PGE que não tenha caído MS, Execução Fiscal, Reexame Necessários, Limitações a liminares ou benefícios de prazo), mas o outro restante é direito processual civil geral mesmo (também nunca vi uma prova de PGE que não tenha cobrado tutela antecipada em geral, recursos, cumprimento de sentença, procedimento ordinário etc). 

Assim, ler FP em Juízo é uma etapa necessária para sua aprovação em Processo Civil, mas NÃO SERÁ SUFICIENTE. 

Aliás, para você entender a FP em Juízo, primeiro deve estudar processo civil geral. Essa é a ordem: Primeiro Processo Civil Geral, após FP em Juízo (nunca o contrário). 

E Eduardo, qual livro me indica para FP em Juízo? R= Leonardo Carneiro (Fazenda Pública em Juízo - foi o que eu li) ou Guilherme Freire de de Melo Barros (o que a maioria dos aprovados estudam). Não indico Cassio Sacarpinella, por exemplo, pois julgo a obra mediana (para ruim). Fiquem com um dos dois que citei acima que terão um bom resultado. 

Lembrem-se: primeiro processo civil geral + após FP, Vocês não entenderão FP se não souberem processo em geral (nem tentem fazer essa loura, por favor). 

Amigos, era isso. Mais uma dúvida sanada. Espero ter ajudado.

Eduardo (em substituição ao titular das sextas, que é o Rafa Formolo rsrsrs), 27/01/2017


4 comentários:

  1. O CPC comentado artigo por artigo do Daniel Amorim é uma obra suficiente pra Processo Civil Geral? Pretendo ler ele + FP EM juizo pras carreiras da agu e procuradorias em geral.

    ResponderExcluir
  2. Era a minha dúvida. Ótima seção #dúvidadeconcurseiro.

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pelas dicas!!
    Gostaria de agradecer pela atenção que você dedica aos leitores, respondendo às nossas perguntas no privado sempre com muito interesse em garantir o melhor na nossa preparação.

    ResponderExcluir

Sua interação é fundamental para nós!