DICAS PONTUAIS PARA SUA APROVAÇÃO

O EFEITO PARALISANTE DOS EDITAIS

Queridos leitores!
Nesses mais de 20 anos de estudo para concursos, pude observar a ocorrência de um fenômeno que denomino “efeito paralisante dos editais”.

Trata-se de um comportamento que acomete os concursandos de uma maneira geral: com a publicação do edital, o candidato, que vinha estudando com regularidade, forte, com vistas à aprovação no concurso desejado, trava! E as coisas não caminham mais como antes...
O estado psicológico dos concursando, de uma maneira geral, não é dos melhores. E com a iminência do edital, tudo desanda! Fiquem atentos para que isso não aconteça com vocês e prejudique a sua preparação!

Essa semana foi publicada a dispensa de licitação para a contratação do CESPE-UnB como organizadora do 5º concurso para o cargo de Defensor Público Federal. E já comecei a ouvir aqui e ali, comentários do tipo “agora ferrou tudo”, “caramba... precisava de mais tempo” etc.!
Gente! Sejamos pragmáticos! Podemos alterar a data de publicação do edital ou a data das provas do concurso desejado? É óbvio que não. Então é o seguinte: é faca na caveira!!!! Coloque todas as tuas fichas no próximo concurso! Esse será o concurso que você vai passar! Não tem essa de “ainda não me sinto preparado”! Deixem o examinador dizer isso para você! Lembro de uma Promotora de Justiça, que me perguntou se eu não iria prestar o concurso para o MPRJ que se avizinhava. Eu disse que não me sentia preparado, e ela objetou: “Marquinho, deixe o examinador dizer que você ainda não está preparado! Inclusive, eles estão lá exatamente para isso! Eu passei para Promotora de Justiça em Minas Gerais e no Rio de Janeiro, e na Magistratura do Rio achando que ainda não estava preparada...”. E eu afirmo para vocês: eu também passei para Procurador Federal e Defensor Público Federal achando que ainda não estava tão bem assim. E quando cheguei na Procuradoria e na Defensoria achava que não conseguiria dar conta de tanto trabalho – mas a gente dá um jeito. Acredite!!! Para passar nós precisamos de muito menos do que imaginamos! É fácil? Claro que não! Mas o que nos cabe é fazermos o nosso melhor! Dar o máximo das nossas forças, de modo a colocarmos a nossa cabeça no travesseiro e dizer: eu fiz meu melhor!

Faça a sua parte e deixe que Deus completará o serviço! Ele fará da melhor maneira possível, e você?
Um grande abraço e vamos em frente!

Dominoni

7 comentários:

  1. Caro Dominoni, será que você poderia colocar aqui comentários sobre a rotina de defensor público federal?

    ResponderExcluir
  2. Vocês poderiam postar o outro lado da moeda: o efeito paralisante da falta de edital.
    Cade o 28, pessoal?!?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rapaz.... estude para DPU que vai sair logo. Depois que você entrar vai ver que é tão bom que nem vai lembrar mais do MPF... só vai pensar neles durante as audiências...rsrsr Abs Dominoni

      Excluir
  3. Muito apropriado esse post. É exatamente isso que acontece! Obrigado!

    ResponderExcluir
  4. Muito bom!! Amei. Obrigada pela puxada de orelha rsrs

    ResponderExcluir
  5. Dominomi,
    qual esquema de estudo/revisão que você indica para agora, que o edital da AGU está prestes a sair?
    Tentar conciliar todas as disciplinas nos 7 dias da semana ou estudar por bloco?
    Tenho medo de ir por bloco e acabar indo zerada de revisão em alguma material, por atraso dos blocos anteriores.
    Obrigada pelas dicas!

    ResponderExcluir

Sua interação é fundamental para nós!