Quem passa diariamente por aqui, PASSA!

ESTUDAR UMA, DUAS OU VÁRIAS DISCIPLINAS AO MESMO TEMPO?

Olá Pessoal, desculpa a ausência dos últimos dias, mas foi por um bom motivo.

O tema da postagem de hoje é o que mais tem me sido solicitado, ou seja, estudar uma, duas ou várias disciplinas ao mesmo tempo.
Inicialmente destaco que o teor da minha postagem não tem nada de científico (aliás, pode até ter, mas não é por isso que estou postando).
Vamos começar com uma constatação: nossa memória, ao mesmo tempo que é nossa maior aliada, é nossa maior desafiadora, ou seja, inevitavelmente ela falha.
Portanto, quanto mais rápido lermos um livro, menos o revisaremos e consequentemente mais fácil o esqueceremos. Isso é fato.
Assim, sempre estudei mais de uma matéria por dia, e no dia seguinte, sempre antes de começar um novo capítulo, revisava o anterior, o que tornava as revisões pequenas e periódicas, favorecendo o não esquecimento.
Quanto mais se revisa, mais recordaremos e as chances de esquecimento são menores (muito menores).
Meu calendário era basicamente dividido do seguinte modo:

8h/10h: 1ª Matéria. 
10h/12h- 2ª Matéria. 
13h/15h- 3ª Matéria
15h/17h- 4ª Matéria.

No dia seguinte repetia o mesmo calendário, na mesma sequência para melhorar o hábito e criar uma rotina.
Ou seja, sempre estudei 4 matérias ao mesmo tempo, fazendo periódicas revisões.

E como revisar?
Obviamente que não revisava todo o livro desde o começo, mas revisava apenas o que eu não sabia ou não sabia bem.

E como encontrar o que não se sabe bem?
Marque com um post-it o que deve ser revisado, e conforme se sinta seguro no tema, os retire de modo que aquele ponto não mais precisa ser revisto no decorrer da leitura da obra.
Quem me segue no Instagram já viu foto do meu livro de direito penal todo cheio de marcações. 

Enfim, não estou dizendo que esse é o melhor método, mas sim o que deu certo comigo.
Como sempre digo, o melhor jeito de estudar é o que te faz sentir bem, e lhe dá prazer. Não adianta ler 4 obras ao mesmo tempo se isso te deixar mal, com a sensação de que não está lendo ou aprendendo nada.

Fato é que, lendo 4 livros ao mesmo tempo em vez de 1 de cada vez, ao término do mesmo período de tempo, ter-se-á concluído a leitura dos mesmos 4 livros, estando com a memória fresca em todos, e não apenas no último que foi lido. 

Por fim, informo que todas as quintas-feiras postarei temas relacionados a Fazenda Pública em Juízo, desde o conceito, prerrogativas, etc. Escrevi sobre isso ainda na Faculdade, e será basicamente um mini-resumo da obra mais recomendada quanto a esse tema. 

Eduardo, em 26/03/2014
No Instagram: @eduardorgoncalves

2 comentários:

  1. É redundante falar o quanto es um exemplo para nós que estamos nessa batalha.
    A ideia do blog foi ótima,e os conteúdos estão bastante substanciais e super interessantes.
    Meu objetivo é Defensoria Pública Estadual, e meu grande problema é em "Como começar a Estudar" para este certame. Vejo o edital e me sinto perdida, sem saber como inciar.
    Se você puder comentar sobre essa fase de iniciação para carreira jurídica ficarei extremamente agradecida, pois tenho certeza que será muito proveitoso para mim.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde.

    Estou estudando para magistratura federal seguindo o Edital do site. Tenho duas dúvidas:

    a) É recomendável formar a base apenas com um bom cursino?

    b) Se a resposta acima for "não", então como conciliar duas matérias por dia tendo como fonte de estudos aulas de cursinho e leitura de doutrina? Isso é: uma aula de cursinho sobre determinado tema dura em média as 3 horas que o edital esquematizado separa para o estudo diário daquela matéria: devo retornar ao estudo desse mesmo ponto, no próximo dia de estudos, só que dessa vez usando uma boa doutrina?

    Grato

    ResponderExcluir

Sua interação é fundamental para nós!