Dicas diárias de aprovados.

CONCURSO TJ/MG – COMO CONCILIAR OS EDITAIS DE ANALISTA JUDICIÁRIO E OFICIAL DE JUSTIÇA?

 

Pessoal, recentemente o TJ/MG, que é um dos maiores Tribunais do país lançou edital para suas carreiras de apoio.

Dentre elas, temos o cargo de Analista Judiciário – nível superior, com 69 vagas, e o cargo de Oficial de Justiça- nível médio, com 59 vagas,

O concurso será organizado pela banca IBFC, com prova marcada para 04/12/2022.

A prova é dividida em conhecimentos gerais e conhecimentos específicos.

Na parte de conhecimentos gerais, temos as disciplinas português, raciocínio lógico e noções de informática, que possuem conteúdo programático idêntico para ambos os cargos.

 

Já na parte de conhecimentos específicos:

Analista Judiciário TJ/MG

Oficial de Justiça TJ/MG

1- Direito Constitucional.

2- Direito Administrativo.

3- Direito Civil.

4- Direito Processual Civil.

5- Direito Penal.

6- Direito Processual Penal

7- Noções básicas de custas judiciárias e Taxa Judiciária

8- Noções básicas de direito notarial e registral

9- Direito do Consumidor

 

1- Noções básicas de Processo Civil.

2- Noções de Direito Penal.

3- Noções Básicas de Custas Judiciais e Taxa Judiciária.

4-  Legislação.

5- Noções de Direito Civil

+ 15 questões de Noções de Direito

 

O que o edital de Oficial de Justiça tem a mais que o de Analista Judiciário do TJ/MG?

- Direito Penal: crimes contra a fé pública

Melhor estratégia: lei seca.

- Direito Civil: mandato. posse. servidões. tutela e curatela

Melhor estratégia: noções básicas de posse por um material bem objetivo + lei seca.

 

- Legislação e Noções de Direito: traz algumas leis, principalmente locais, não previstas no edital de Analista Judiciário.

Melhor estratégia: lei seca.

 

- Noções básicas de Processo Civil: trouxe algumas peculiaridades, em grande parte conceitos e conhecimentos para quem pretende exercer o cargo de oficial de justiça.

Melhor estratégia: lei seca + conhecer os conceitos exigidos no edital.

Obs.  Noções Básicas de Custas Judiciais e Taxa Judiciária: disciplina está contida no edital de analista judiciário, ou seja, nenhuma novidade.

Estratégia de conciliação para quem vai fazer as 02 provas: estudar pelo edital de analista judiciário + dar uma olhada nos conceitos de Processo Civil + fazer  a leitura de todos os diplomas legais exigidos nas disciplinas de Legislação e Noções de Direito, que trazem, inclusive, os acréscimos de Direito Civil e Direito Penal.

Pensando nisso, o meuesquematizado organizou a leitura dessas leis em 31 dias.

Outra vantagem da prova de Oficial de Justiça do TJ/MG é que não possui fase discursiva.


1-   Vai prestar só a prova de Analista Judiciário? sugerimos essa estratégia

2-  Vai prestar apenas a prova de Oficial de Justiça? sugerimos essa estratégia.

 

Recomendamos que vocês, podendo, façam as 02 provas. A conciliação é plenamente viável e a estratégia nós já entregamos aqui!

Nesse caso, use essa estratégia + organização de leitura das leis em 31 dias.

 

Até a próxima.

@profmarianadantas. 

0 comentários:

Postar um comentário

Sua interação é fundamental para nós!

SIGAM NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES.

ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM CLICANDO AQUI.

PARTICIPEM DO NOSSO FÓRUM DE DISCUSSÕES.

GOSTOU DO SITE? ENTÃO NÃO DEIXE DE NOS SEGUIR NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES.

ALÉM DISSO, ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM.

NÃO DEIXE DE LER!