Quem passa por aqui, PASSA!

SIGAM NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES, @MEUESQUEMATIZADO e @MEUORGANIZADO.

ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM CLICANDO AQUI.

PARTICIPEM DO NOSSO FÓRUM DE DISCUSSÕES.

LEIAM NOSSO "MANUAL DO CONCURSEIRO"

OPORTUNIDADE ÚNICA - WORKSHOP EM CURITIBA - PASSO A PASSO PARA A APROVAÇÃO NO MPE

CURSO PRESENCIAL (WORKSHOP) - PASSO A PASSO DA APROVAÇÃO NA CARREIRA DO MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL

Olá meus amigos,  Faremos um WORKSHOP  em CURITIBA  com o tema PASSO A PASSO para a aprovação em concursos do MINISTÉRIO PÚBLICO ESTAD...

CURSO INTENSIVO PROVA ORAL DELEGADO DE POLÍCIA – PC/ES – VAGAS LIMITADÍSSIMAS



1.     OBJETIVOS DO CURSO.
A habilitação à prova oral consiste em momento de satisfação por já se ter vencido as mais difíceis fases do concurso público, mas vem acompanhada da sensação de incapacidade e despreparo, razão pela qual o treinamento intenso é necessário.
De fato, o conhecimento intelectual do candidato habilitado à prova oral é irrefutável, e por isso a melhoria da postura, da oratória e da segurança é fundamental para que o candidato se diferencie dos demais e alcance uma nota elevada. A melhoria desses fundamentos depende do treinamento, e apenas do treinamento.
Com o presente curso, através do intenso treinamento técnico e do fornecimento de preciosas dicas, busca-se preparar o candidato para todas as possíveis situações de prova oral, fornecendo-lhe segurança, confiança e uma adequada postura - além de aparar as arestas no tocante ao conhecimento jurídico.

2.     FORMATO DO CURSO.
O curso será voltado para as provas orais de delegado de Polícia Civil do Estado do Espírito Santo, com enfoque nas matérias de direito penal, direito processual penal, direito constitucional e direito administrativo, conforme conteúdo programático constante do edital e das retificações posteriores.

Serão realizados três encontros virtuais, realizados através do ZOOM ou do Skype.
O primeiro encontro consistirá em um simulado resumido, somado a uma aula expositiva e participativa, cujo objetivo é passar orientações gerais sobre dicas de estudo/revisão e de como realizar uma prova oral sem riscos. São retratadas experiências pessoais em provas orais já passadas e as lições delas extraídas, bem como analisados todos os aspectos relativos ao momento da prova (o que vestir, o que estudar nas últimas horas/após o sorteio do ponto, como cumprimentar o examinador, como reagir a examinadores com perfil mais duro etc.).
O compartilhamento das experiências dos professores nas provas orais que já realizaram é de grande valia para desmistificar esse momento do certame público e propiciar confiança ao candidato, pois se constata que não é necessário ser brilhante e perfeito para se obter a aprovação, e que mesmo erros crassos são relevados pela banca examinadora.
O apontamento das principais e quase únicas causas de reprovação possibilita que o candidato realize uma prova sem riscos, com a preocupação voltada quase que exclusivamente à classificação geral no concurso. No ponto, vale dizer que os métodos expostos funcionaram não só aos professores como também a inúmeros candidatos nos mais diversos certames.
Todas as dúvidas devem ser tiradas nesse primeiro momento, cuja duração é de cerca de cinquenta minutos e voltado principalmente àqueles que realizam sua primeira prova oral.
O segundo e o terceiro encontro consistem em treinos individuais, com duração de vinte a trinta minutos cada um. O objetivo é abordar pontos jurídicos importantes e, ao mesmo tempo, fazer uma análise/diagnóstico individual da sua postura, sugerindo aprimoramentos (feedback).
As perguntas refletirão os temas que recorrentemente são cobrados em exames orais, passando-se por questionamentos fáceis, razoáveis, difíceis e extremamente difíceis. Diante de tais cenários, objetiva-se averiguar a retórica do candidato, a oratória e a postura – quesitos que, sem sombra de dúvidas, são os mais relevantes para a obtenção de uma boa nota em exame oral.
Para a maior comodidade, as datas dos encontros são previamente agendadas com os candidatos.
A troca de informações, encaminhamento de link de acesso às reuniões e demais debates ocorrerão exclusivamente pelo WhatsApp, canal pelo qual poderão ser esclarecidas dúvidas jurídicas até a data da prova.
 Não haverá remessa de materiais de apoio, doutrinários ou jurisprudenciais. No entanto, ao fim de cada uma das arguições, serão efetuadas as devidas pontuações acerca dos acertos/erros das respostas, postura, modo de responder e de se posicionar em situações complicadas etc. Também, será atribuída uma nota.
Data de início do curso: assim que for confirmado o pagamento de cinco alunos.

3.     PÚBLICO-ALVO.
Habilitados à fase de provas orais do concurso para o cargo de delegado de Polícia Civil do Estado do Espírito Santo.

4.     INVESTIMENTO:
Alunos do curso para a prova discursiva: R$ 500,00 (quinhentos reais).
Novos alunos: R$ 700,00 (setecentos reais).

5.     INSCRIÇÕES.
As inscrições se iniciarão hoje e deverão ser feitas pelo e-mail cursodelegadopces@gmail.com. Ao atingirmos um mínimo de alunos, liberaremos o link de pagamento no site PAGSEGURO para aquisição do curso (frise-se: é possível o parcelamento no cartão). Terão prioridade os alunos que fizerem a pré-inscrição via e-mail e a quantidade de vagas é reduzida.

6.     RESPONSÁVEIS.
EDUARDO GONÇALVES (coordenador): Procurador da Republica. Ex-Advogado da União (aprovado ainda na faculdade aos 22 anos). Bacharel em Direito pela Universidade Estadual do Norte do Paraná (2008/2012). Aprovado nos seguintes certames: Técnico Judiciário do TJ-PR (2009). Analista Processual junto ao MPU (2010). Procurador do Estado do Paraná (2011). Advogado da União (2012, 5º lugar com nota 100,00 na fase oral). Procurador da República (MPF/PGR- 2013/2014). Promotor de Justiça do Estado do Paraná (2015- 1º Lugar).
DOUGLAS TEIXEIRA BARROCO: Especialista em Direito Penal pelo Complexo Damásio de Jesus (2017). Ex servidor do Ministério Público do Rio Grande do Sul (2011/2017). Nomeado em diversos concursos como: Analista Judiciário (TRF4), Analista judiciário (DPE/RS), entre outros. Atualmente Delegado de Polícia do Estado de Santa Catarina. 
MARCOS VINÍCIUS KRAUSE BIERHALZ: Delegado de Polícia do Estado de Santa Catarina (3º colocado no concurso de 2014). Aprovado no XXXV concurso para Promotor de Justiça do MP/RS (2019) e no 188º concurso para Juiz de Direito no TJ/SP (2020). Especialista em ciências criminais.

0 comentários:

Postar um comentário

Sua interação é fundamental para nós!

GOSTOU DO SITE? ENTÃO NÃO DEIXE DE NOS SEGUIR NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES, @MEUESQUEMATIZADO E @MEUORGANIZADO. ALÉM DISSO, ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM.

NÃO DEIXE DE LER!