Quem passa por aqui, PASSA!

SIGAM NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES, @MEUESQUEMATIZADO e @MEUORGANIZADO.

ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM CLICANDO AQUI.

PARTICIPEM DO NOSSO FÓRUM DE DISCUSSÕES.

OPORTUNIDADE ÚNICA - ÚLTIMO CURSO DE 2019

CURSO PRESENCIAL (WORKSHOP) - PASSO A PASSO DA APROVAÇÃO NA CARREIRA DO MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL

Olá meus amigos,  Faremos um WORKSHOP  em SÃO PAULO , dia 30/11/2019 , com o tema PASSO A PASSO para a aprovação em concursos do MINIS...

DÚVIDAS DE CONCURSEIRO: AS 10 PRINCIPAIS PERGUNTAS QUE ME FAZEM!


Quanto tempo até a aprovação? Como vencer o desânimo? Vale à pena estudar doutrina capa a capa? Posso estudar por sinopses? Como eu devo estudar a “lei seca”? Como organizar o meu horário de estudo? O que fazer quando estou em dúvida sobre qual carreira devo seguir? Quais são os melhores cursinhos? Devo fazer revisões? Com qual periodicidade? Ainda não me sinto preparado, posso começar a fazer provas? Posso estudar só fazendo questões? 

 Aposto que já se fez essas perguntas.

Resolvi reunir neste post as principais perguntas que me fazem sobre concursos, estudos e carreira. Alguns desses temas já foram abordados em posts específicos aos quais disponibilizo o link.

Vamos lá!


Quanto tempo até a aprovação?

Não é demais repetir… Passar em um concurso demanda dedicação, disciplina e PACIÊNCIA. É impossível prever quanto tempo levará até a sua aprovação. Mas, uma coisa é certa, na grande maioria dos casos este é um processo lento e que demanda muita dedicação, disciplina, compromisso sério e pessoal com o futuro, bastante disciplina e paciência.

Cada pessoa tem disponibilidade, ritmo, e um desígnio superior (eu acredito!) diferentes. Então, ao iniciar seus estudos para um concurso difícil ou se está neste momento se perguntando se há algo errado porque ainda não passou, a resposta é: TENHA CALMA. A gente acha lindo uma pessoa muito jovem com seus 20 e poucos anos passando em um concurso. E, de fato é lindo, louvável, exemplar. Mas, não é a regra. Então você poderá estar dentro da exceção dos 5% de resultados prodigiosos ou dos 95% de estrada longa.

Isso não é um estímulo à desídia. Seu estudo deve ser o mais intenso possível, porém não espere resultados rápidos. ELES VIRÃO NO TEMPO CERTO.

Eu concluí meu curso de Direito em 2009. Nesta época eu já era Técnico Judiciário (entrei em 2008) no TJPE. Em 2012 eu passei para Procurador estadual e, em 2015, passei para Promotor de Justiça.


Vale à pena estudar doutrina capa a capa? Posso estudar por sinopses?

Primeiro, é necessário identificar em cada caso, a metodologia de estudo da matéria. E isso varia de acordo com o concurso/carreira. Além disso, eu tenho a minha opinião de que um estudo estratégico passa por escolher os capítulos certos. Portanto, a resposta, na minha opinião, é NÃO.

Cometia esse erro. Mas, hoje em dia, depois de muitas reprovações, algumas aprovações e a experiência adquirida nesse caminho de arame farpado, caco de vidro e fogo, parece-me equivocado.

Escolha seu livro. Foque neste livro. Escolha os capítulos CERTOS e, sim, esses capítulos, que até podem ser boa parte do livro, mas dificilmente será capa a capa, você lerá mais de uma vez.

Sobre sinopses, aqui vai minha opinião. Eu só recomendo sinopses em matérias periféricas porque NÃO ACREDITO que você irá longe nas matérias principais com sinopses. Apenas não acredito, apesar de muita gente dizer… “conheci fulano que só estudava por sinopse”.

Tem sinopse que mais parece livro, né? Sinopse só no nome. E tem gente que estudou dez anos por doutrina, mas no último ano só estava nas sinopses e abre a boca pra dizer que só estudava por sinopse. Investigue quem está lhe passando a informação. Charlatões no mundo dos concursos é o que mais tem. Pessoas estão vendendo realidades que não existem (contradição em termos) e brincando com o sonho de muita gente… métodos, fórmulas… tudo besteira! Não se iludam.

E outra, mais do que passar no concurso pense na qualidade do profissional que você se tornará.

Ah! Ao escolherem uma sinopse, escolham a melhor.

Como eu devo estudar a “lei seca”?

Estudar lei seca sempre me pareceu o menos excitante. Eu gosto muito de ler doutrina e acho fascinante conhecer a jurisprudência. Sempre achei “chato” ler legislação. MAS É NECESSÁRIO PARA PASSAR.

Então, se é necessário para passar e isso eu garanto a vocês, ESTUDEM LEI SECA.

Eu escrevi sobre um método de estudo AQUI


Como organizar o meu horário de estudo?

Parece bobagem, mas é muito importante escolher os horários certos (conforme sua disponibilidade) e as disciplinas corretas para tornar seu estudo mais prazeroso. Imagina acordar numa segunda-feira e iniciar, pela manhã, DIREITO EMPRESARIAL. Você já vai sofrer a partir do domingo. Mas, se substituir por PENAL, talvez a segunda pela manhã seja seu dia mais feliz.

Também já dei algumas dicas de como montar os horários de estudo AQUI. Confere lá.


O que fazer quando estou em dúvida sobre qual carreira devo seguir?

Eu decidi fazer Direito aos 45 min. do segundo tempo. Passei na UFPE e, pasmo, estava lá sentando nas bancas da faculdade sem ter certeza do que queria. Depois tive dúvidas sobre o que eu iria seguir…. Delegado… Procurador…. Promotor…. Juiz? Graças a Deus, eu me identifiquei imensamente e sou uma pessoa realizada. Mas, nem sempre é claro para todo mundo.

Essa é uma decisão “de vida” digamos assim. Nada pior de que um ser humano que não está feliz no que escolheu. É difícil também decidir pelo outro ou definir graus de importância.

Tentando ajudar, eu compartilhei AQUI algumas informações.


Quais são os melhores cursinhos?

Hoje em dia são muitas opções que envolvem excelentes cursos e em diversas modalidades. São bem comuns os cursos a distância. Eu sempre digo que é melhor você pesquisar com quem já fez os cursos e sobretudo quem são os professores do curso.

Se está em dúvida, faça uma pesquisa com conhecidos e pergunte sobre como foi a experiência deles com os cursos. Eu gostei bastante dos cursos do CERS que fiz por conta dos professores - não recebi material escrito, mas aulas de professores excelentes e que prendiam minha atenção e me transmitiram bastante conteúdo.

Devo fazer revisões? Com qual periodicidade?

Já viram o tamanho do conteúdo programático dos nossos concursos? São páginas e páginas de tópicos que você irá esquecer se não os revisar. REVISAR deve fazer parte do seu estudo! Há várias formas de se revisar: ler os grifos, ler seus próprios resumos, etc. Mas, REVISE.

Eu dei algumas dicas AQUI.

Ainda não me sinto preparado, posso começar a fazer provas?

Essa questão depende bastante da situação financeira de cada um. Porém, na minha opinião, se você pode, faça os concursos que aparecerem da carreira que é seu objetivo e outros concursos menores também.

Essa é minha opinião pelas seguintes razões: A gente nunca se sente plenamente preparado e pode acabar perdendo uma oportunidade. Estar inscrito num concurso nos mantém em estado de alerta, de dever a ser cumprido (estudar firme, etc). Testar conhecimentos e ver o desempenho melhorando a cada prova é um termômetro excelente. Enfim, vejo muitos benefícios.

Mas, uma coisa sempre falo: NÃO PERCA SEU FOCO por conta de cada edital que aparecer. Você ficará perdido!


Posso estudar só fazendo questões?

Acredito que seja um estágio final da preparação e não um método único para estudar. Sobretudo porque você precisa estar atualizado com as novidades legislativas e jurisprudenciais. E as questões nas provas envolvendo as novidades mencionadas virão depois. Será tarde.

Então, somente se você já está em um nível muito bom de preparação, pode concentrar-se em revisar temas específicos, resolução de questões e manter-se atualizado com as novidades legislativas e jurisprudenciais.

Lembrando que resolver questões deve fazer parte de sua rotina de estudos!


Como vencer o desânimo?

Deixei essa para o final. Mas ela está relacionada com a primeira pergunta… lembram que o caminho é longo? Pois é… é longo mas tem fim. Houve um ponto de partida e haverá um ponto de chegada. Não existe nada melhor do que pensar no ponto de chegada.

Já leu os depoimentos das pessoas que passaram no concurso que você quer? Já percebeu o quanto de sacrifício envolveu aquilo? E mais, olha agora a felicidade que transborda do coração daquele indivíduo.

Ser aprovado, ser nomeado, ser empossado… É viver um sonho. Esse dia tem chegado para as pessoas que não desistem e não para aquelas que não desanimam. Desanimar em alguns momentos é natural. Faz parte do ser humano imperfeito que nós somos… Mas, desistir de um sonho? Desistir nunca.

Um abraço a todos! Contem comigo.

Gus, 12/5/19 (No insta: @holandadiaskershaw).

3 comentários:

  1. Gus, ótimo texto! Sempre acompanho suas publicações.
    Você tocou num ponto que é minha maior dúvida e, se possível, gostaria que tentasse deixar mais claro.
    Eu optei por estudar por livros, segui as recomendações do Meu Esquematizado, e venho lendo-os desde então. Todavia, minha dúvida sobre que ponto merece maior atenção nos livros e qual ponto posso relegar somente à lei seca persiste... Principalmente em matérias como processo civil, por exemplo. Mas também em determinadas matérias de direito administrativo, como, por exemplo a 8666...
    Pode tentar elucidar melhor qual seria o "caminho das pedras" no que tange a esta seleção dos capítulos a serem lidos?

    ResponderExcluir
  2. A primeira e a última resposta já estão impressas e coladas na parede, de frente a minha mesa de estudos, para que eu possa ler todo dia. O caminho é longo..."é longo mas tem fim". Muito obrigada!

    ResponderExcluir

Sua interação é fundamental para nós!

GOSTOU DO SITE? ENTÃO NÃO DEIXE DE NOS SEGUIR NO INSTAGRAM @EDUARDORGONCALVES, @MEUESQUEMATIZADO E @MEUORGANIZADO. ALÉM DISSO, ENTREM NO NOSSO GRUPO DO TELEGRAM.

NÃO DEIXE DE LER!